Djokovic domina Federer e se garante na decisão do Aberto da Austrália

Tenista sérvio busca o sexto título do Grand Slam

Por O Dia

Austrália - O sérvio Novak Djokovic passou nesta quinta-feira pelo suíço Roger Federer e se tornou assim o primeiro finalista do Aberto da Austrália, esperando agora o vencedor do duelo entre o britânico Andy Murray e o canadense Milos Raonic.

É a sexta vez que Djokovic chega à final do Aberto da AustráliaEfe

O tenista número 1 do ranking mundial da ATP e atual campeão do primeiro Grand Slam da temporada levou a melhor por 3 sets a 1, com parciais de 6-1, 6-2, 3-6 e 6-3, em duas horas e 20 minutos de duelo. Esta é a sexta vez que Djokovic alcança a final do Aberto da Austrália. Dono das taças de 2008, 2011, 2012, 2013 e 2015, o sérvio está a uma conquista de igualar o australiano Roy Emerson, que venceu em 1961, 1963, 1964, 1965, 1966 e 1967, como maior campeão do torneio.

Com a vitória desta quinta-feira, o número 1 do mundo também desempatou o duelo pessoal com Federer, alcançando a 23ª vitória em 45 partidas disputadas. Na semifinal deste Aberto da Austrália, principalmente, nos primeiros dois sets, Djokovic ignorou qualquer equilíbrio e beirou a perfeição, cedendo apenas três games ao rival. Com muitos erros, Federer até venceu a terceira parcial, mas não conseguiu entrar definitivamente no jogo.

Na manhã desta sexta-feira, o britânico Andy Murray, número 2 do mundo, e o canadense Milos Raonic, 13º cabeça de chave em Melbourne, lutarão pela segunda vaga na decisão e pelo direito de tentar para o embalado Djokovic.

Últimas de Esporte