Mesmo sem ritmo de jogo, técnico do Boa garante goleiro Bruno como titular

Jogador teve estreia aprovada, apesar de ter cometido pênalti decisivo

Por O Dia

Rio - A volta de Bruno aos gramados não saiu exatamente como o planejado. O goleiro do Boa Esporte, voltando a ação depois de sete anos, cometeu um pênalti bobo, que acabou gerando o gol de empate do Uberaba, na partida que terminou com o placar de 1 a 1.

Goleiro Bruno fez seu primeiro jogo pelo Boaagência estado

Apesar de ter sido pouco exigido, Bruno teve sua estreia elogiada pelo treinador Julinho Campos, que minimizou a importância do lance capital da partida, afirmando que o goleiro se dedica nos treinamentos.

"Estava longe, difícil avaliar o lance. Minha relação com o Bruno é ótima, uma relação de treinador e jogador. Ele está trabalhando forte, está trabalhando bem. Teve a oportunidade de voltar a jogar e hoje e vai continuar tendo esse respaldo da minha parte."

Julinho ainda garantiu que Bruno é titular e que não teve sua estreia apressada, afirmando que o goleiro tinha totais condições de jogo, deixando claro que também não analisa outros aspectos extra-campo para escalar o atleta.

"Estava preparado. Se o Bruno não estivesse pronto para jogador, ele não teria jogado. É um jogador que tem potencial para muito mais, mas não foi muito exigido, pois foram poucas bolas no gol. Não vejo rosto, vejo trabalho. E gosto de premiar quem trabalha bem."

A próxima partida de Bruno pelo Boa Esporte deve acontecer na próxima quarta-feira, na segunda rodada do hexagonal final do Módulo II do Campeonato Mineiro, contra o Patrocinense.

Últimas de Esporte