Pênalti na França tem até empurrão para decidir o batedor. Confira vídeo

Jogadores se desentenderam na hora da cobrança

Por O Dia

França - Neymar e Cavani protagonizaram, recentemente, cenas em que disputavam quem seria o batedor oficial de pênaltis do Paris Saint-Germain e parece que outros jogadores seguiram pelo mesmo caminho. Em partida válida pelo Campeonato Nacional do país, equivalente a 3ª divisão, o Dunkerque recebeu o Rodez Aveyron no sábado, e após uma penalidade marcada, o clima pesou. Confira o vídeo! 

O líder da divisão, Rodez Aveyron, abriu o placar logo aos três minutos. Aos 35, Fachan recebeu um bom passe e foi derrubado. Ele é o batedor oficial de pênaltis do time. Por ter desperdiçado uma cobrança recentemente, o atacante Tuta aproveitou o gancho e pegou a bola para bater, o que gerou toda confusão. 

A discussão durou pouco tempo, mas contou com um forte empurrão do atacante no defensor, que acabou não cobrando o pênalti. Tuta deslocou o goleiro e marcou o gol. Apesar disso, a torcida não gostou da atitude de Tuta e vaiou o centroavante toda vez que tocava na bola.

Por fim, nada adiantou o gol marcado por Tuta. O seu time perdeu por 3 a 1 para o Rodez, que manteve a liderança da competição. O técnico Didier Santini criticou a atitude do atacante: "Era o Marc Fachan quem tinha que bater o pênalti. Tuta desobedeceu minhas instruções, isso é inaceitável", disse.

Últimas de Esporte