Sassá lamenta goleada, mas vê arbitragem como decisiva na partida

Atacante reclamou de pênalti para o Cruzeiro antes do intervalo

Por O Dia

Rio - Com dois tempos bem diferentes, o Botafogo levou uma goleada na Copa do Brasil. Na Ilha, a equipe carioca saiu na frente, mas levou a virada e perdeu por 5 a 2 pelo Cruzeiro. Um dos jogadores que marcou pelo lado alvinegro, o atacante Sassá considerou a penalidade no fim do primeiro tempo, quando os cariocas venciam por 1 a 0 como capital para a virada dos mineiros.

Sassá fez um dos gols do Botafogo na derrotaAlexandre Brum / Agência O Dia

"Esse pênalti, acho que o juiz inventou. Acabou mudando o rumo da partida. Ficou complicado, mas vamos lutar até o fim", disse ele, que ainda teve um gol mal anulado pela arbitragem.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

As equipes voltam a se enfrentar no próximo dia 21 no Mineirão. Para se classificar, o Botafogo precisa vencer por quatro gols de diferença. Os mineiros podem perder até por 3 a 0 e 4 a 1 que se classificam para as quartas de final da Copa do Brasil.

FOTOGALERIA: Botafogo leva goleada e fica em situação delicada na Copa do Brasil

Pelo Brasileiro, o Botafogo volta a jogar no domingo contra o Grêmio, no Luso Brasileiro, às 16 horas, em jogo atrasado da 19ª rodada. Já o Cruzeiro só volta a jogar na próxima quinta em clássico contra o América-MG, no Independência.