Botafogo para em noite de gala de Wilson e fica no empate contra o Coritiba

Goleiro do Coxa tem atuação irretocável, mantendo o zero no placar da Arena Botafogo até o fim, mesmo com forte pressão do time da casa

Por O Dia

Rio - A sequência de vitórias do Botafogo no Campeonato Brasileiro chegou ao fim depois do empate em 0 a 0 com o Coritiba, neste sábado. Na Arena Botafogo, em partida bastante movimentada, o Alvinegro foi melhor, pressionou durante todo o jogo, mas não conseguiu vencer o goleiro Wilson, que teve atuação impressionante.

Pimpão não conseguiu ajudar o Botafogo a vencer o CoritibaSeverino Silva / Agência O Dia

Apesar de ter chegado ao fim sem gols, o jogo teve como destaques os goleiros. Na primeira etapa, o Bota apostava em jogadas pelas laterais, criando também boas oportunidades em lances de bolas paradas. Enquanto isso, o Coxa ia resistindo com grande atuação de Wilson e buscava o contra-ataque, mas sem muito sucesso. No segundo tempo, o Botafogo tomou as rédeas e pressionou durante os 45 minutos, mas novamente esbarrou no goleiro adversário.

Com o resultado, o clube carioca se mantém na 5ª colocação do Campeonato Brasileiro, tendo 54 pontos conquistados, desperdiçando a oportunidade de abrir vantagem sobre o Corinthians, primeiro time fora do G-6. O Botafogo volta a campo no próximo sábado, para o clássico contra o Flamengo, no Maracanã.

O JOGO

Embalado pelas cinco vitórias consecutivas, o Botafogo entrou em campo buscando uma vitória que poderia deixar a situação do clube ainda mais tranquila na briga pela Libertadores. A torcida alvinegra marcou presença e fez sua parte, tornando a Arena Botafogo um verdadeiro caldeirão, desde o começo do jogo.

A primeira boa oportunidade foi aparecer aos 15 minutos, em cobrança de falta de Camilo. O meia levantou na área e Emerson apareceu desviando, para boa defesa de Wilson. No lance seguinte, a defesa Alvinegra se atrapalhou depois de reposição de bola do goleiro adversário e Leandro recebeu livre dentro da área. O camisa 11 do Coxa demorou demais a finalizar e acabou sendo desarmado por Alemão, que salvou os donos da casa. 

Neílton luta contra dois jogadores do CoritibaDivulgação / Botafogo F.R.

Depois dos primeiros minutos, a partida se manteve equilibrada, mas teve menos chances criadas pelos dois lados. O Coritiba apostava no contra-ataque e, aos 28, o turco Kazim-Richards teve boa oportunidade, aparecendo livre pela direita e chutando cruzado, mas parou em boa defesa de Sidão. Três minutos depois, Sassá caiu dentro da área enquanto tentava alcançar cruzamento de Pimpão, pedindo pênalti.

Camilo e Emerson apareceram bem mais uma vez num lance de bola parada. Pela direita, o camisa 10 do Bota levantou na área e o zagueiro conseguiu finalizar na marca do pênalti, obrigando o goleiro do Coxa a fazer defesa complicada. Wilson foi o grande nome da partida no primeiro tempo, evitando mais um gol no fim, em boa finalização de Rodrigo Pimpão, que aproveitou assistência de Neílton. Ainda houve tempo para que Paulo César Carpegiani, treinador do time visitante, fosse expulso, por reclamação.

A segunda etapa começou com Wilson mantendo a boa atuação. Em cinco minutos, fez grandes defesas em finalizações de Rodrigo Pimpão e Camilo, mantendo o zero no placar. Aos 12, foi a vez de Neílton fazer bela jogada individual pela ponta-esquerda e bater colocado, mandando para fora. Cinco minutos depois, em cobrança de escanteio, Sassá tentou finalizar na pequena área e foi bloqueado pelo goleiro adversário.

Na metade da segunda etapa, foi a vez de Sidão também aparecer bem. Em cobrança de falta pela esquerda, Wallison desviou e o goleiro Alvinegro fez excelente defesa. Logo em seguida, Emerson deu bobeira e Kazim só não marcou porque Sidão apareceu como líbero para cortar.

A partir dos 30 minutos, o Coritiba começou a crescer e ter mais posse de bola, mas era ineficiente em suas trocas de passe e não ameaçava o time da casa, que insistia em jogadas individuais e acabava tendo um volume menor de finalizações. Nos últimos minutos, Vinícius Tanque teve grande oportunidade depois de cobrança de falta de Camilo, tocou de cabeça, a bola desviou e Wilson mostrou puro reflexo para salvar em cima da linha

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 0 x 0 CORITIBA

Estádio: Arena Botafogo
Público e Renda: 13.758 pagantes/ 15.170 presentes. Renda: R$480.000,60
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Gols: -
Cartões Amarelos: Joel Carli, Bruno Silva, Neílton, Alemão, Emerson (Botafogo) e Carlinhos, Leandro, Wilson (Coritiba) 
Cartões Vermelhos: -

BOTAFOGO: Sidão; Alemão, Joel Carli, Emerson Santos e Victor Luis; Rodrigo Lindoso (Leandro), Bruno Silva e Camilo; Rodrigo Pimpão (Gervásio Núñez), Neilton e Sassá (Vinícius Tanque). Técnico: Jair Ventura

CORITIBA: ?Wilson; César Benítez, Walisson Maia, Juninho e Carlinhos; Amaral, César González (Geovane) e Ruy; Iago (Thiago Lopes), Leandro (Vinícius) e Kazim. Técnico: Paulo César Carpegiani