Tempo Real: Fluminense enfrenta o Tigres e tenta voltar ao G-4 do Carioca

Tricolor tenta se reabilitar e aposta nos gols do artilheiro Fred

Por O Dia

Rio - O Fluminense vai terminar mais uma rodada fora do G-4 do Campeonato Carioca e se complica no torneio. Prejudicado pela arbitragem, que anulou erradamente dois gols, o Tricolor empatou com o Tigres, neste sábado, no Maracanã, por 1 a 1. Foi o primeiro empate do Flu no Estadual. O sinal de alerta está ligado. A torcida vaiou o time e xingou e pediu a saída do técnico Cristóvão Borges.

O Tricolor continua na quinta colocação, agora com 22 pontos. A rodada pode complicar ainda mais a vida do Fluminense. Caso Flamengo e Botafogo vençam neste domingo, o Flu vai ficar a três pontos do G-4. Sinal de alerta ligado. O Tigres tem oito pontos e está na 12ª colocação.

Na próxima rodada, nesta quinta-feira, o Fluminense enfrenta a Cabofriense, às 19h30, no Maracanã. O Tigres joga no mesmo dia, às 18h30, e encara o Volta Redonda no Raulino de Oliveira.

O jogo

O Fluminense tomou a iniciativa do duelo e logo assustou. Gerson ficou com a sobra após escanteio, cruzou e quase surpreendeu: a bola bateu no travessão. Edson pegou o rebote e completou para fora. Jean e Marlone também levaram perigo. O Tigres assustou com Paulinho - o chute desviou e foi para fora.

O Tricolor balançou a rede, mas o gol foi erradamente anulado. Após escanteio, Fred desviou. A bola entraria, mas Edson completou para a rede. A arbitragem marcou impedimento do volante e anulou o lance. Edson, porém, estava em posição legal. O Tigres deu o bote. Em contra-ataque, a bola sobrou para Jean Carioca. Ele chutou e abriu o placar: 1 a 0. O Flu caiu de rendimento. A torcida ficou impaciente, mas teve motivo para comemorar ainda no primeiro tempo. Aos 47, Fred ajeitou para Wagner. O meia emendou de primeira e empatou o duelo: 1 a 1.

O Fluminense teve a chance de virar com Marlone. Ele foi lançado por Wagner e ficou cara a cara com Santiago. O goleiro desviou e a bola bateu na trave. Cristóvão Borges lançou Walter no lugar de Marlone. O atacante marcou no primeiro toque na bola. Porém, a arbitragem marcou impedimento e anulou o gol. A posição de Walter era legal. Outro gol equivocadamente anulado.

Cristóvão Borges fez mais uma mudança. Lucas Gomes entrou no lugar de Gerson. A torcida não gostou e chamou o técnico de "burro". A virada quase aconteceu com Lucas Gomes. O atacante driblou o goleiro, mas Edson salvou quase que em cima da linha. O Flu ensaiou uma pressão. Fred parou no goleiro nos acréscimos. O Tricolor ficou no empate. O sinal de alerta está ligado.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1X1 TIGRES

Estádio: Maracanã
Público e renda: 5.553 pagantes / 6.789 presentes / R$ 128.120,00
Árbitro: Mauricio Machado Coelho Junior
Gols: Jean Carioca (Tigres, aos 30' do 1ºT) e Wagner (Fluminense, aos 47' do 1ºT)
Cartão amarelo: Fred e Guilherme Santos (Fluminense) e Zé Carlos, Renan Silva, Tiago Bastos e Fabiano Oliveira (Tigres)
Cartão vermelho:

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Welligton Silva, Gum, Marlon e Guilherme Santos; Edson, Jean, Wagner, Marlone (Walter, aos 14' do 2ºT) e Gerson (Lucas Gomes, aos 30' do 2ºT); Fred. Técnico: Cristóvão Borges.

TIGRES: Santiago; Tiago Bastos, Zé Carlos, Matheus e Edson Barbosa; Renan Silva, Wellington Leão, Alex Sassá (Júnior, aos 40' do 2ºT) e Jean Carioca; Paulinho Guará (Jhonatan, aos 24' do 2ºT) e Fabiano Oliveira (Marlon, aos 42' do 2ºT); Técnico: Rubens Filho.