Preparador físico garante que Conca voltará a jogar recuperado de lesão

Segundo Ronaldo Torres, a torcida não precisa se preocupar: o meia, “um cavalo para treinar”, estará zerado fisicamente

Por O Dia

Rio - Pelas avaliações já realizadas, a expectativa da comissão técnica do Flamengo é a de que Conca esteja pronto para jogar no final de abril. E, segundo o preparador físico Ronaldo Torres, que trabalha no Shanghai SIPG e já está no Rio para acompanhar a recuperação do argentino, a torcida rubro-negra não precisa se preocupar: o meia, “um cavalo para treinar”, estará zerado fisicamente. 

Comissão técnica acredita que Conca poderá disputar três jogos da fase de grupos da LibertadoresArquivo O Dia

Se a previsão da comissão técnica rubro-negra se confirmar, Conca voltará a tempo de disputar três jogos da fase de grupos da Libertadores e uma eventual semifinal do Estadual. O preparador, porém, prefere não dar prazos.

“Com a parte física, a torcida não precisa se preocupar em nada”, garantiu Torres, que ressalta a força de Conca: “Em 2010, ele jogou os trinta e oito jogos do Fluminense no Brasileiro, com uma lesão no menisco. Operou na semana seguinte. Na China, até se machucar, dos 28 jogos do time na temporada, ele havia participado de 22. E, em 18, ficou em primeiro lugar no grupo em todos os quesitos: distância percorrida, número de passes... Tudo. Ele aparece no ataque, na defesa... O argentino é danado”, elogia Torres.

Conca deve chegar ao Rio segunda ou terça-feira. Ele está em Miami desde novembro acompanhado de um fisioterapeuta. O tratamento é diário, em dois períodos. De lá, o meia pôde ir ao estado do Colorado fazer revisão com o médico que realizou a cirurgia no seu joelho esquerdo, em agosto. A avaliação foi positiva. 

“Assim que os médicos liberarem o Conca, eu coloco ele para jogar em 20 ou 30 dias”, disse Torres, que, em Miami, já realizou alguns trabalhos de resistência com Conca, na piscina, com o aval do fisioterapeuta.