Fluminense segue com luta pela 'fama perdida'

Contra o Criciúma, Tricolor tenta recuperar alto rendimento jogando como visitante

Por O Dia

Rio - Bicho-papão do Campeonato Brasileiro de 2012 com 11 vitórias fora de casa, o Fluminense pouco assustou seus adversários esse ano fora de seus domínios. Como visitante em nove ocasiões, o time venceu apenas o Náutico. Invicto há quatro partidas, o Flu promete explorar seu momento de evolução para recuperar a recente fama no jogo contra o Criciúma, nesta quarta, às 21h, no Estádio Heriberto Hülse. Depois dos empates seguidos com Atlético-MG e Atlético-PR, o meia Wagner acredita que a segunda vitória fora de casa está muito próxima.

“O ideal é sempre a vitória. Sabemos que vai ser difícil, mas estamos com um bom volume de jogo, com uma sequência boa fora de casa. Acho que é o momento de vencer. Vamos tentar impor o nosso ritmo, respeitando a equipe do Criciúma. É jogo importante, se tivermos apenas uma chance, temos que aproveitar”, afirmou.

Wagner quer Fluminense vitorioso no BrasileiroDivulgação

Coincidentemente, a série invicta de quatro partidas aconteceu justamente sem Fred, que se recupera de uma grave lesão na coxa direita e não tem previsão de volta. Wagner destacou o papel de Vanderlei Luxemburgo na reformulação da equipe sem seu principal ídolo. Ao lado de Rafael Sobis, o apoiador ganhou destaque nas últimas partidas e comemora a evolução depois que voltou a jogar em sua posição de origem.

“Estamos conseguindo jogar (sem Fred). Tivemos de nos readaptar. Luxemburgo armou bem a equipe sem um homem de referência. Estamos nos virando. Voltei a jogar na minha real posição. Tenho mais liberdade no meio, estou mais confiante para atacar e tenho feito mais gols. Sinto que tenho crescido junto com o restante da equipe”, disse Wagner.

Antes de embarcar para Criciúma, Luxa comandou ontem um coletivo e realizou testes de olho na partida de amanhã. Com dores musculares, Rafinha foi poupado e acabou sendo substituído por Igor Julião. No decorrer do treinamento, Gum foi sacado para a entrada de Leandro Euzébio, e Fábio Braga por Diguinho. Julião também foi sacado para a entrada de Biro Biro, que tem sido uma frequente opção do técnico tricolor.