Vasco sai na frente, mas leva empate do Atlético-MG e volta a tropeçar no Rio

Gigante da Colina empatou os últimos quatro jogos como mandante

Por O Dia

Rio - Em mais um jogo importante na luta pelo G-7, o Vasco voltou a vacilar jogando em casa. O Cruzmaltino saiu na frente, mas sofreu o empate do Atlético-MG. A partida em São Januário terminou em 1 a 1 e as duas equipes continuam emboladas na tabela.

Os cariocas saíram na frente com Andrés Rios ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Fred apareceu e deixou tudo igual para os visitantes em São Januário.

O Atlético-MG volta a jogar no domingo contra o Coritiba, em Belo Horizonte. No mesmo dia, o Vasco enfrenta o Atlético-PR, na Arena da Baixada.

Vasco ficou no empate por 1 a 1Paulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

O JOGO

Depois de empatar em casa com o São Paulo, o Vasco entrou em campo nesta quarta disposto a não desperdiçar mais uma oportunidade em São Januário. E foi para cima do Atlético desde os primeiros minutos. Logo aos 5, um levantamento na área quase abriu o placar. O goleiro Victor pulou mal e Fábio Santos tirou a bola em cima da linha. Aos 13, Evander finalizou forte e parou no goleiro atleticano.

Jogador mais perigoso do ataque vascaíno, Evander fez a diferença aos 25 minutos, quando cobrou escanteio na área e Andrés Ríos se antecipou à marcação do mesmo Fábio Santos para converter para as redes.

A reação do Atlético veio aos 32, também em lance de escanteio. Leonardo Silva cabeceou com perigo e carimbou o travessão. Antes, aos 29, Fábio Santos fez cruzamento rasteiro perigoso na pequena área, mas ninguém completou para o gol.

Depois destes sustos, o Vasco voltou a ameaçar a defesa atleticana. Nenê, aos 35, tentou chute colocado e quase surpreendeu Victor. Cinco minutos depois, Paulinho recebeu belo passe de Andrés Ríos e acertou o pé da trave.

O segundo tempo começou com o time carioca acertando outra bola na trave. Foi logo aos dois minutos, quando Nenê cruzou e Madson fez leve desvio para raspar na trave. A resposta do Atlético veio na mesma moeda. Aos 6, Otero acertou o travessão.

Um minuto depois, Fred empatou o duelo. Em jogada de Valdívia e Leonardo Silva, o atacante recebeu grande passe para finalizar cruzado direto para as redes.

O empate esquentou de vez o jogo, que já era movimentado desde a metade do primeiro tempo. O Vasco voltou ao ataque ao mesmo tempo em que o Atlético tentava aproveitar os espaços deixados pelo rival na defesa.

Mas quem trabalhou mais nesta etapa foi o goleiro Victor. Foram duas grandes defesas na sequência. A primeira aos 21, ao defender chute de Wagner, que acabara de entrar em campo. Cinco minutos depois, o jovem Paulinho acertou forte finalização e novamente o goleiro atleticano fez a diferença, com a ponta dos dedos.

A partir dos 30 minutos, as duas equipes passaram a arriscar menos, concentrando-se no meio-campo. Cautelosos, preferiram garantir o ponto do empate, mantendo os dois times ainda na briga pela vaga na Libertadores.

Na próxima rodada, os dois times jogarão no domingo - apenas duas partidas serão disputadas na segunda-feira - contra rivais que estão tentando evitar o rebaixamento. O Vasco enfrentará o Atlético-PR em Curitiba, enquanto o Atlético-MG vai duelar com o Coritiba no Independência. 

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: São Januário, no Rio de Janeio (RJ)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli e Daniel Luis Marques (SP)
Gols: Andres Rios, aos 25min do primeiro tempo; Fred, aos 7min do segundo tempo
Cartões amarelos: Evander (VAS)
Cartões vermelhos: -

Vasco: Gabriel Félix; Madson (Gilberto), Paulão, Breno e Henrique; Wellington, Evander (Caio Monteiro), Pikachu (Wagner) e Nenê; Paulinho e Andres Rios / Técnico: Zé Ricardo

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Bremer e Fábio Santos; Adilson (Yago), Elias, Otero e Valdívia (Roger Bernardo); Robinho e Fred / Técnico: Oswaldo de Oliveira

Com informações do Estadão Conteúdo