Presidente colombiano nomeia negociador-chefe com a guerrilha

Bell, vice-presidente de Andrés Pastrana entre 1998 e 2002, substituirá no cargo o ex-ministro conservador Restrepo

Por O Dia

Bogotá - O ex-vice-presidente Gustavo Bell assumirá as rédeas pelo governo nos diálogos de paz com a guerrilha do Exército da Libertação Nacional (ELN), depois da renúncia do ex-ministro Juan Camilo Restrepo, informou o presidente Juan Manuel Santos.

Bell, vice-presidente de Andrés Pastrana entre 1998 e 2002, substituirá no cargo o ex-ministro conservador Restrepo, que renunciou em 4 de dezembro alegando reazões pessoais e profissionais.

Bell, 60 anos, é advogado e historiador de filiação conservadora. Em sua carreira pública também foi ministro da Defesa (2001-2002) e embaixador da Colômbia em Cuba. Designado no final de outubro de 2016, Restrepo negociava desde fevereiro um acordo de paz com o ELN, a última guerreira reconhecida pelo governo.

Restrepo alcançou a primeira trégua bilateral com o ELN desde que esse grupo pegou em armas em 1964. O cessar-fogo, que teve início em 1o. de outubro, conclui em 9 de janeiro e as partes se comprometeram em avaliar uma prorrogaçã

Últimas de _legado_Mundo e Ciência