HSBC tem prejuízo de R$ 549 milhões na filial brasileira em 2014

A performance recorrente do grupo, medido pelo resultado operacional, ficou negativa em R$ 1,142 bilhão. Em 2013, essa linha ficara positiva em R$ 508,6 milhões

Por O Dia

São Paulo - A filial brasileira do grupo britânico HSBC, segundo maior banco estrangeiro no Brasil, informou nesta sexta-feira que teve prejuízo líquido de R$ 549 milhões em 2014, ante lucro de cerca de R$ 411 milhões no ano anterior.

Grande parte do resultado de 2014 aconteceu no segundo semestre, quando teve perda líquida de R$ 532,8 milhões.

A performance recorrente do grupo, medido pelo resultado operacional, ficou negativa em R$ 1,142 bilhão. Em 2013, essa linha ficara positiva em R$ 508,6 milhões.

A carteira de crédito no país cresceu apenas 5,67 % em 12 meses, fechando o ano em R$ 66,1 bilhões.

O índice de inadimplência do conglomerado, considerando as operações vencidas com mais de 90 dias, caiu de 4,2% para 3,9% na comparação ano a ano. Com isso, as despesas com provisões para perdas com calotes caíram 17,3%, para R$ 3,12 bilhões.

No entanto, o HSBC teve forte aumento das despesas com intermediação financeira, para R$ 13,3 bilhões, montante 32,9% superior ao de 2013. A receita com intermediação financeira subiu 15,9%, a R$ 17,2 bilhões.

Em fevereiro, o HSBC havia informado que globalmente teve lucro antes de impostos de US$ 18,7 bilhões em 2014, ante US$ 22,6 bilhões no ano anterior.

O banco é alvo de investigação da Receita Federal brasileira para descobrir se uma dezena de pessoas envolvidas no escândalo de corrupção da Petrobras também poderiam ter contas não declaradas no HSBC da Suíça.

Últimas de _legado_Notícia