Mais de 20 mil pessoas participam de protesto em Brasília

Policiamento é reforçado no Congresso Nacional

Por O Dia

Brasília - Mais de 20 mil pessoas participam do protesto no gramado no Congresso Nacional, segundo cálculos da Polícia Militar. Um pequeno grupo de manifestantes tenta romper o cordão de isolamento da polícia, usado para impedir o acesso das pessoas ao Parlamento. O policiamento foi reforçado.

Alguns ocupam o espelho d'água em frente ao Congresso Nacional.

Aos gritos de não violência e até vaias, a maioria dos manifestantes pede que o grupo não tente invadir o Congresso. Com camisas e bandeiras do Brasil e cartazes com dizeres como "O Brasil acordou", os manifestantes protestam contra os gastos públicos na Copa das Confederações, defendem mais verbas para educação e saúde e a rejeição da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 37, que limita o poder de investigação do Ministério Público, além de outras reivindicações.

Cerca de 3.500 policiais militares participam da segurança ao Congresso. Eles fazem um cordão cercando o gramado para impedir que os manifestantes cheguem à rampa do Congresso, como ocorreu na manifestação de segunda-feira.

As informações entre os manifestantes são trocadas pelo Twitter por meio das hashtags #vemprarua e #ogiganteacordou, mas não há uma liderança única do movimento.

Últimas de _legado_Brasil