Goleiro acusado de estupro volta ao país

Brasileiro foi para local não informado

Por O Dia

RIo - Goleiro reserva da seleção brasileira de polo aquático, Thye Mattos, acusado de abusar sexualmente de uma jovem moradora de Toronto, no Canadá, já retornou ao Brasil. Thye deixou a seleção brasileira que participa do Mundial de Esportes Aquáticos em Kazan, na Rússia.

Thye deixou a seleção de polo, que treina para o mundial na RússiaSátiro Sodré/CBDA

De acordo com o advogado da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, Marcelo Franklin, o desembarque foi ontem à tarde no Rio, e o local para onde o esportista seguiu não foi divulgado. “Não queremos fazer quaisquer comentários sobre o caso enquanto não tivermos total conhecimento do processo”, disse Franklin.

Segundo ele, ainda não há previsão em termos de prazos para que a defesa receba o processo. “O que temos declarado é que ele é totalmente inocente”, acrescentou.

Últimas de _legado_Brasil