Festival traz 400 rótulos de cerveja especial para o Rio

Mondial de La Bière acontece de amanhã a domingo no Terreirão

Por O Dia

Rio - Apreciadores da boa cerveja estão em festa. Pela primeira vez no país, ocorre de amanhã até domingo o ‘Mondial de La Bière’, festival internacional da bebida, que apresentará ao público local mais de 400 rótulos.

Na choperia Harad é possível apreciar a cerveja belga Duvel por R%24 20 Divulgação

Promovido pela GL events Exhibitions, a feira ganha destaque, pois a evolução de vendas do setor, de 2008 a 2011, cresceu 54% entre as cervejas comuns e 79% entre as especiais. Segundo pesquisa do grupo Mintel, divulgado no final de 2012, o volume de vendas da modalidade “premium” aumentou 18% no país entre 2010 e 2011.

“O setor reúne 200 microcervejarias que respondem por 5% do faturamento do segmento, estimado em R$ 39,6 bilhões em 2012, e almeja conquistar 20% da preferência até 2015”, diz Victor Montenegro, diretor do festival.

Essa conquista de espaço é verificada nas gôndolas de supermercados como o Zona Sul. Lá, as premium já ocupam 50% do espaço, ou o SuperPrix, que oferece mais de 170 rótulos. Bares e restaurantes, como a choperia Harad e o Botequim do Itahy, também se dedicam ao produto.

O festival acontece no Terreirão do Samba, na Praça Onze, com ingressos a R$ 40 (quinta e domingo); e R$ 45 (sexta e sábado).

Pepsi comemora 60 anos

Para comemorar os 60 anos em atividade no país, a Pepsi colocou no mercado latinhas retrô (que lembram design dos anos 50, 70 e 90). O refrigerante foi lançado, pela primeira vez, em Porto Alegre (RS) e depois se espalhou pelo país.

Atualmente, a bebida é produzida por aqui em parceria com a Ambev, dona do guaraná Antártica e da cerveja Brahma, entre outras marcas.

Também integrante do portfólio de alimentos e bebidas do grupo PepsiCo, a Lipton Ice Tea, líder mundial na categoria de chás, lançou nova identidade visual da linha de produtos prontos para beber com o objetivo modernizar ainda mais a marca. Para atrair o público, foi lançada a campanha ‘Curta +’, também presente nas redes sociais.

Últimas de _legado_Economia