NSA também espionou comunicações entre Europa, norte da África e Ásia

Especialistas da NSA hackearam site para descobrir informações sobre sistema de cabeamento submarino

Por O Dia

Berlim - A Agência de Segurança Nacional americana (NSA) também espionou uma das mais importantes vias de telecomunicação entre Europa, África do Norte e Ásia, publicou a revista alemã "Der Spiegel", que saiu às bancas neste domingo.

O Departamento para Operações Adaptadas de Acesso (TAO) da NSA teria obtido informação "sobre a gestão de rede" do sistema de cabeamento submarino Sea-Me-We-4, segundo um relatório confidencial de 13 de fevereiro de 2013 ao que teve acesso a revista alemã.

Segundo o relatório, este sistema de cabos vai de Marselha em direção ao norte da África e os estados do Golfo, para depois passar pelo Paquistão e a Índia até alcançar Cingapura, Malásia eTailândia. Entre as empresas participantes deste sistema está a francesa Orange e a Telecom Italia.

Segundo os documentos internos, especialistas da NSA hackearam um site deste consórcio de empresas para obter documentos sobre a infraestrutura técnica do sistema de cabeamento. Segundo a "Der Spiegel" a agência de inteligência americana conseguiu informação detalhada de uma grande parte da rede e esta ação seria somente um primeiro passo antes de acessar mais dados sobre este e outros sistemas de cabo.

Na sexta-feira um juiz federal de Nova York considerou que o programa de compilação de dados da NSA revelado pelo ex-analista Edward Snowden é legal e é justificado para prevenir ataques terroristas.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência