Ataque aéreo deixa ao menos 43 mortos e mais de 100 feridos na Síria

Aviões do regime de Bashar Al-Assad foram os responsáveis pelas vítimas, que incluem menores de idade e mulheres

Por O Dia

Síria - Pelo menos 43 pessoas morreram e 150 ficaram feridas ontem em um ataque aéreo da aviação do regime de Bashar Al-Assad na periferia da cidade de Tall Hamis, na província de Al Hasakah, informou nesta quarta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Pelo menos 1.057 civis morreram em ataques aéreos na SíriaReuters


O diretor da ONG, Rami Abdel Rahman, ressaltou que alguns dos feridos, incluindo menores de idade e mulheres, sofreram danos permanentes. De acordo com as estatísticas publicadas ontem pela entidade, as autoridades realizaram nos últimos três meses 5.012 ataques com aviões militares ou com helicópteros, que lançaram barris de explosivos, em distintas províncias.

Pelo menos 1.057 civis, sendo 239 menores, morreram nesses bombardeios. Em 22 de fevereiro, o Conselho de Segurança da ONU adotou uma resolução na qual pedia a todas as partes "cessar imediatamente os ataques contra civis", os bombardeios indiscriminados de áreas povoadas e "o uso de barris de explosivos". Mais de 200 mil pessoas já morreram desde o início do conflito na Síria em março de 2011, segundo a ONU.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência