'Presídios são a prova de que ser gay é uma escolha', afirma político

Republicano ainda explicou o motivo do casamento entre pessoas do mesmo sexo não ser 'necessário'

Por O Dia

Estados Unidos - Um candidato em potencial às eleições presidenciais de 2016 nos Estados Unidos declarou nesta terça-feira que "ser gay é uma escolha". Segundo o republicano Ben Carson, em entrevista à emissora CNN, "muitos entram na prisão héteros e quando saem são gays". "A maioria das pessoas vivencia pouco ou nenhum senso de escolha a respeito de sua orientação sexual", declarou Carson, que também é neurocirurgião. 

"O que acontece lá (nos presídios)? Faça essa pergunta a si mesmo",disse o republicano ao entrevistador da emissora após afirmar ter certeza de que a homossexualidade é uma escolha. Segundo ele, o argumento que afirma que não se escolhe ser gay vai contra o que acredita a maioria da comunidade médica, inluindo a Associação de Psiocologia da América.

Ben Carson afirmou em entrevista à emissora CNN que ser gay é uma escolha Reprodução Internet

O político também se posicionou contra o casamento gay — que está para ser aprovado em território nacional pela Suprema Corte dos EUA e deu sua explicação do motivo dele "não ser necessário".

"Por que os gays querem se casar? Por que dizem isso? Porque querem diversos direitos", disse. "Por que dois seres humanos, não me importa sua orientação sexual, não podem ter direito a essas coisas? Isso não implica em mudar a definição de casamento", afirmou.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência