Itália encontra 50 corpos em nova tragédia no Mediterrâneo

Segundo Guarda Costeira, nas últimas horas foram desdobradas 10 operações de salvamento

Por O Dia

Itália - Ao menos 50 corpos foram recuperados nesta quarta-feira de dentro do porão de um navio no qual viajavam outros 400 imigrantes que foram resgatados perto do litoral da Líbia quando navegavam com dificuldade, informou a Guarda Costeira italiana.

De acordo com o órgão, as operações de socorro foram realizadas com a unidade sueca Poseidon, que participa do dispositivo europeu Tritón. Além disso, o navio efetuou dois resgates, nos quais salvou total 569 pessoas.

Corpo de imigrante morto em travessia no Mediterrâneo chega em porto na Sicília%2C na Itália Reuters

A mesma fonte informou que nas últimas horas foram desdobradas no Mediterrâneo 10 operações de salvamento, das quais cinco já terminaram com o resgate de mais de 1,4 mil pessoas.

A embarcação Fiorillo da Guarda Costeira italiana auxiliou 112 pessoas e recuperou um corpo em uma embarcação que estava à deriva, enquanto um navio mercantil recuperou outros 225 imigrantes. Uma unidade irlandesa, incluída no dispositivo Tritón, salvou um grupo de cerca de 500 pessoas.

Paralelamente, continua a chegada de imigrantes socorridos aos portos da Itália. Nesta quarta-feira, um grupo de 218 imigrantes chegou ao porto siciliano de Catânia junto com o corpo de um sudanês que morreu por causa do diabetes agravado pelas difíceis condições da viagem, informou hoje a Agência das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur).

Últimas de _legado_Mundo e Ciência