Taxista é suspenso por beijar meninas que na verdade são suas filhas

Britânico contou que não explicaram o motivo da suspensão, o que poderia ter desfeito o mal entendido rapidamente

Por O Dia

Inglaterra - Um taxista britânico foi suspenso do trabalho por uma semana depois de ter sido visto abraçando e beijando duas meninas durante o expediente. Tony Kemp, de 60 anos, foi delatado ao conselho do condado de North Yorkshire, na Inglaterra, mas na verdade, as meninas são suas filhas, de 9 e 11 anos.

Taxista foi alvo de confusão e suspenso por beijar as filhas Reuters

Tony contou ao "York News" que inicialmente não explicaram o motivo da suspensão, o que poderia ter desfeito o mal entendido rapidamente. Apesar da acusação ter sido retirada e ter voltado ao trabalho, ele se sentiu "devastado".

"Estou pessoalmente devastado com essa alegação. Eu também perdi dinheiro, mas pior ainda que isso é que a minha boa reputação, que construí nos últimos 12 anos foi devastada", desabafou. "Os últimos seis dias foram os piores da minha vida desde que meu pai morreu, há 35 anos", falou Tony. Segundo ele, as meninas não moram com ele e quando o veem sempre correm para um abraço.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência