Linha 472 não será mais modificada após reclamação de passageiros

A linha, porém, terá uma alteração no trecho que liga Botafogo ao Leme

Por O Dia

Rio - Após protestos de moradores do Leme e de passageiros, a prefeitura voltou atrás e decidiu manter o ponto final da linha 472 (Triagem-Leme) no bairro à beira-mar. O encurtamento da rota, que seria transformada em Triagem-Praça Tiradentes na próxima etapa da racionalização dos ônibus, no dia 20, foi cancelado.

A linha, porém, terá uma alteração no trecho que liga Botafogo ao Leme. Em vez de seguir pelo Túnel Novo e Avenida Princesa Isabel, o novo itinerário se dará pelo Túnel Velho e as ruas Siqueira Campos ou Figueiredo Magalhães, conforme o sentido.

Segundo a prefeitura, a rota foi reavaliada e será mais uma opção para o bairro Peixoto, evitando também sobreposição com as linhas troncais.

Além dessa mudança, a Secretaria Municipal de Transportes anunciou que vai colocar em operação, também no dia 20, a nova linha Troncal 2, que ligará General Osório à Rodoviária e passará pela Lapa.

A Troncal 2 servirá como opção para os deslocamentos que hoje são feitos pela 119 (Copacabana-Candelária-Circular), 190 (Rodoviária-Leme-Circular), 433 (Vila Isabel-Leblon) e 464 (Maracanã-Leblon). Essas duas últimas linhas (433 e 464) terão seus trajetos encurtados até o Mourisco, em Botafogo, na sexta, como anunciado no dia 9 de novembro.

O processo de racionalização dos ônibus que cruzam a Zona Sul teve início em outubro. Ao fim da implantação do projeto, previsto para o primeiro trimestre do ano que vem, 70 linhas serão extintas, 41, modificadas, e 16, criadas.

O objetivo das mudanças, segundo a prefeitura, é acabar com a sobreposição de linhas, diminuindo os ônibus nas ruas e melhorando, assim, as condições do trânsito. No entanto, a Justiça deve analisar esta semana ação civil do Ministério Público que contestou que o plano acarretou aumento do tempo de viagem e de gasto para os passageiros que precisam agora fazer baldeação.

Últimas de _legado_O Dia no Coletivo