Acusado da morte de personal trainer é preso em padaria na Zona Norte

Thiago da Silva Pinto foi detido na comunidade do Rato Molhado, no Engenho Novo. Ele é acusado de matar Sylvio José Correa Travancas, no início de abril, na Tijuca

Por O Dia

Acusado ainda sorriu para foto ao ser presoDivulgação

Rio - Thiago da Silva Pinto, conhecido como "Peixe Bunda", foi preso na manhã desta quarta-feira, por agentes da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Sispen) e 21ª Promotoria de Investigação Penal (PIP). Ele é acusado da participação na morte do professor de educação física e personal trainer Sylvio José Correa Travancas, de 51 anos, no início de abril, na Tijuca. O criminoso, foi localizado na comunidade do Rato Molhado, no Engenho Novo.

O criminoso foi localizado numa padaria e tentou fugir, mas foi capturado. Thiago era procurado pela Justiça desde o início do ano, quando deixou o Instituto Penal Edgard Costa, em Niterói, na Região Metropolitana, ao receber o benefício de Visita Periódica ao Lar (VPL).

No final de maio, também no Rato Molhado, outro participante do assalto, Marco Antônio de Castro Lira, conhecido como Marquinho, foi preso. Ele foi localizado por PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Jacarezinho numa boca de fumo, na localidade conhecida como Beco do Pitbull, próximo a sede da associação de moradores da comunidade. Os policiais prenderam Marco em flagrante com um revólver calibre 32.



Últimas de Rio De Janeiro