Rio 2016: Hipismo testa instalações em Deodoro

Prefeito Eduardo Paes abriu nesta quarta-feira o primeiro evento-teste realizado no Complexo Esportivo

Por O Dia

Rio - O prefeito Eduardo Paes abriu nesta quarta-feira o primeiro evento-teste realizado no Complexo Esportivo de Deodoro, na Zona Oeste, apresentando as instalações do Centro de Hipismo. O local será palco até domingo de provas de adestramento, cross country e saltos do Concurso Completo Internacional.

Com área de 1 milhão de metros quadrados, o Centro de Hipismo foi construído em 2007 para os Jogos Pan-Americanos daquele ano e passou por ajustes para atender aos requerimentos par aos Jogos de 2016. O local receberá competições de 11 modalidades olímpicas e quatro paralímpicas nas provas de hipismo (saltos, adestramento e concurso completo de equitação).

Como o evento deste fim de semana não receberá público, as arquibancadas temporárias não serão montadas. Durante os Jogos, a arena de salto e adestramento terá 14.200 lugares, sendo 1.200 permanentes e 13.000 temporários. A pista do cross country poderá receber 21 mil espectadores, 20 mil em pé e 1.000 em assentos temporários.

Também ontem foram lançadas, em um evento no Maracanã, as moedas e selos comemorativos dos Jogos Olímpicos de 2016.

No caso das moedas, esta foi a terceira série de R$ 1 a entrar em circulação, com três esportes olímpicos (voleibol, judô e futebol) e um paralímpico (atletismo). Ao todo, serão 16 modelos de circulação lançados pelo Banco Central.

Já a nova cartela de selos retrata nove esportes olímpicos e um paralímpico. A coleção completa conta com 31 selos. A primeira cartela foi lançada no marco de 500 dias para os Jogos, e a próxima está prevista para novembro deste ano. Cada selo será vendido a R$ 1,30.

Últimas de Rio De Janeiro