Tarefas de casa podem virar grande brincadeira

A partir dos 2 anos, filhos já devem colaborar nos serviços domésticos. Participação auxilia no crescimento

Por O Dia

Rio - Tirar o prato da mesa, guardar os sapatos, e colocar a roupa suja no cesto. Para educadores essas são tarefas do lar que podem ser realizadas por crianças a partir dos 2 anos. Exagero? Na avaliação dos especialistas, ensinar os filhos a colaborar com os afazeres domésticos é um aprendizado que eles levarão por toda a vida. Dividir os serviços da casa é a maneira mais saudável de fortalecer o sentimento de solidariedade e de responsabilidade com os outros e com o ambiente em que vivem.

Sob os olhares atentos de Márcia%2C sua mãe%2C Bruna%2C de 10 anos%2C lava louça%2C arruma os brinquedos%2C coloca a mesa e ajuda a guardar as comprasErnesto Carriço / Agência O Dia

Nem todas as atividades, porém, podem ser compartilhadas pelos pequenos. A lista de tarefas deve ser apropriada à idade de cada um. Aos 5 anos, por exemplo, a criança tem capacidade de arrumar a cama e guardar parte da louça. Mais velhos, aos 8 anos, os filhos podem ser encarregados de estender a roupa no varal de chão e varrer o quarto. A partir dos 9 anos, os pequenos são capazes de cuidar dos animais de estimação, limpar os móveis na arrumação da casa e até fazer a lista de itens do supermercado.

A dona de casa e artesã Márcia Barros de Souza, 45 anos, conta com a ajuda da filha Bruna, de 10 anos, nos cuidados com a casa. A pequena lava louça, guarda as compras do mercado, arruma o próprio quarto e põe a mesa para o jantar. “Quando eu era pequena limpava banheiro e as varandas da casa. A gente aprende a ser mais independente. Se um dia ela for morar sozinha vai saber se cuidar”, acredita Márcia.

Confira as tarefas de acordo com a faixa-etáriaArte O Dia

A psicóloga Cristina Simões diz que os pais devem dividir as tarefas: “A criança observa pelo exemplo. Ela deve ser ensinada desde cedo a guardar os brinquedos”, diz. Com os adolescentes, a blogueira Dirce, sugere uma outra tática para incluí-los na rotina caseira. Ignorar as roupas sujas espalhadas pelo quarto até que ele não tenha mais o que vestir. “Ao reclamar, converse calmamente e diga que, caso estivesse no cesto para lavar, com certeza a roupa estaria pronta. Isso fará com que ele ponha a roupa no local certo”, diz.

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho, crianças e adolescentes podem trabalhar em casa desde que sejam tarefas próprias para sua faixa etária e sejam supervisionadas por algum responsável; não interfiram no tempo da escola, do descanso e da brincadeira. Os pais devem evitar delegar aos filhos atividades que ofereçam riscos, como passar roupa, usar facas no preparo das refeições, manusear produtos de limpeza e cuidar de irmãos menores.

Últimas de Rio De Janeiro