Zona Oeste tem chuva forte e Rio entra em Estágio de Atenção

Centro de Operações pede para população ficar atenta, especialmente moradores de áreas de risco

Por O Dia

Rio - O Rio de Janeiro entrou em Estágio de Atenção, às 17h desta quarta-feira, devido à chuva que cai em alguns pontos da cidade. O Estágio de Atenção é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de ocorrência de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas. Além disso, há registro de rajadas de vento forte no aeródromo do Santos Dumont (66,7km/h).

As áreas onde foram registradas maiores ocorrências de chuva são na Zona Oeste: no Mendanha (10,8mm), Santa Cruz (7,8mm), Campo Grande (6,4mm) e Bangu (4,4mm). No entanto, também chove nas zonas Sul (Leblon e Jardim Botânico) e Norte. Segundo a SuperVia, por conta das condições climáticas, o teleférico do Alemão foi fechado, também às 17h.

A chuva também provocou alterações no trânsito. Segundo o Centro de Operações, os dois sentidos da Autoestrada Lagoa-Barra apresentam trânsito intenso. A Avenida Brasil apresenta lentidão forte entre Penha e Bonsucesso. Já na Linha Vermelha há retenções na altura do Galeão. 

Também chove em Niterói e Itaboraí. Nas regiões, a chuva também atrapalhou o trânsito. A Rodovia Amaral Peixoto (continuação da Alameda) tem pontos de alagamento. Já na Na BR-101 (Niterói Manilha), a queda de poste provoca retenções. E a Rodovia Amaral Peixoto (continuação da Alameda) tem pontos de alagamento.

Segundo o Instituto Climatempo, a forte chuva foi provocada pela chegada de uma frente fria na região. De acordo com meteorologistas, a partir desta quinta-feira, as áreas de instabilidade provocarão queda de temperatura e o fim de semana deve ser de chuva. 

Há previsão de pancadas de chuva no fim da tarde de quinta e sexta-feira. Já no sábado e domingo, poderá chover a qualquer hora do dia. 

Prefeitura alerta moradores de áreas de risco

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, as áreas de instabilidade se formaram devido ao calor e à alta umidade do ar. A Prefeitura recomenda que a população permaneça em local fechado ou procure um local seguro. 

Outras recomendações são para moradores de áreas de risco, que devem ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199.

?

Últimas de _legado_O Dia 24 Horas