Baixada Ligada: Vintage Hall, a nova casa de espetáculos de Nova Iguaçu

Na quinta-feira, a casa recebe o comediante Sérgio Mallandro e, no dia 15 de dezembro, a atração internacional Doble You

Por O Dia

Coelhão e Sheldon agradeceram toda a equipe Alziro Xavier / Divulgação

Gente bonita, políticos, empresários e jornalistas marcaram presença na pré-estreia, terça-feira, da Vintage Hall, a nova casa de espetáculos de Nova Iguaçu. Os donos, Marcelo Coelhão e Sheldon Marin (que também festejou 22 anos de casados com Lita Marin), não mediram esforços para oferecer segurança e conforto. “Quero agradecer a toda equipe que ajudou a realizar esse sonho”, disse Sheldon no evento. Alex Kid e Banda e grupos de dança animaram os convidados. Na quinta-feira, tem Sérgio Mallandro e, no dia 15 de dezembro, Doble You. O Vintage Hall — o antigo Cine Iguaçu — tem 26 camarotes e capacidade para 1.800 pessoas. Abre de quinta a sábado.

FUGA DE PEDÁGIO FORTALECE COMÉRCIO EM MAGÉ

A chegada do asfalto nas ruas da Vila Recreio, em Magé, paralelas à BR 116 (Rio-Teresópolis), mudou o cenário. Antes da obra, apenas motoristas corajosos enfrentavam os buracos para não pagar o pedágio de R$ 20,20 (ida e volta) à Concessionária Rio-Teresópolis( CRT).

Agora, a pista é rota de centenas de motoristas que vão para a Serra. Na carona do asfalto, moradores montaram barracas para aumentar a renda. Tem vendedor de frutas, legumes, peixes e caldo de cana, entre outros. Um sacão de laranja, por exemplo, custa R$ 4,99. Pelo jeito, o dinheiro que ia para a CRT fica por ali.

BASTIDORES

Produtores de banana de Itaguaí agora já têm uma estufa agrícola. O espaço fica no bairro da Mazomba e tem a capacidade de armazenar até duas toneladas do fruto.

Já os agricultores de Queimados ganharam uma plantadeira que aumenta em até dez vezes a atividade. Ela serve para tratar o solo, arar, cavar, semear e adubar, tudo ao mesmo tempo.

Uma audiência pública sobre o Plano Municipal de Leitura, Literatura, Livro e Biblioteca será realizada sexta-feira, às 18h, na Câmara de Vereadores de Duque de Caxias. O debate, a pedido do vereador Moa (PT), é importante para a cidade, pois norteará a consolidação de políticas para o setor nas cadeias criativa, produtiva e de acesso ao livro e à leitura.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada