Japeri segue com o Plano de Contingência para desastres naturais

A previsão é que esteja pronto até o dia 18 de maio

Por O Dia

Para dar continuidade à implantação do Plano de Contingência de Emergências, representantes da Coordenadoria Regional de Defesa Civil do Rio de Janeiro (REDEC/RJ) visitaram Japeri na última segunda-feira (11/05), e acompanharam o andamento dos trabalhos, que inclui o levantamento de possíveis locais de risco. A discussão do Plano de Contingência começou em abril e a previsão é que esteja pronto até o dia 18 de maio, conforme determina o calendário do Mapa de Ameaças Climatológicas.

O major bombeiro Diogo Pícora, o primeiro tenente Fernando Abel e o segundo sargento Paulo Braga estiveram com o secretário municipal de Defesa Civil, Reginaldo Leão, o coordenador de Defesa Civil Paulo Delgado e o secretário municipal de Ambiente José Arnaldo, em dois locais de possíveis ocorrências: próximo à estação de bombeamento da Petrobras, no bairro Pedra Lisa, aproximadamente um quilômetro da Prefeitura, e na região agrícola perto do Rio São Pedro, em Vila Planetária.

“Estas são algumas das regiões que podem ser afetadas em caso de incêndio florestal”, disse o secretário de Defesa Civil, Reginaldo Leão. O major Pícora aprovou o andamento dos trabalhos. “Constatamos que o município está preparado para o enfrentamento das ameaças de incêndio florestal e estiagem”, parabenizou o major, ressaltando que o Mapa de Ameaças Climatológicas se antecipa à época de estiagem: julho, agosto, setembro e outubro, quando as ocorrências são mais prováveis.

A primeira reunião dos integrantes das secretarias de Japeri para debater a criação do Mapa aconteceu em 16 de abril. Na ocasião, membros de cada secretaria integrante do Plano começaram a analisar o Mapa de Ameaças Climatológicas, que será apresentado a REDEC, em 1º de junho. O objetivo do governo do Estado é que todas as prefeituras apresentem o Plano de Contingência de Emergência no mês em que se comemora o Meio Ambiente.

Últimas de _legado_O Dia na Baixada