Suspeito é morto e outros dois são baleados em operação na Zona Norte

Na ação, na madrugada desta terça-feira, agentes apreenderam ainda uma pistola importada, granada e drogas

Por O Dia

Rio - Um suspeito morreu e outros dois foram baleados e presos durante uma operação da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil (Core), na Favela de Manguinhos, na Zona Norte do Rio, na madrugada desta terça-feira. Segundo o delegado Fabrício Oliveira, da especializada, os agentes foram à comunidade em apoio aos PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local que estavam sendo alvo de disparos de fuzil de traficantes.

Na entrada dos agentes na comunidade, os suspeitos atiraram contra a equipe e arremessaram até granadas. No confronto, Rafael Sant' Anna Neves, de 23 anos, foi alvejado e morreu. Ele chegou a ser levado para o Hospital Federal de Bonsucesso.

Agentes apreenderam ainda uma pistola importada Glock 9 mm%2C com Kit Rajada%2C uma granada e drogasDivulgação

De acordo com os investigadores, com ele, que foi solto da cadeia em 2014, foi apreendida uma pistola importada Glock 9 mm, com Kit Rajada, uma granada e drogas. Em 2010, o acusado foi baleado e preso durante um arrastão na Avenida 24 de Maio. Ainda segundo os investigadores, Rafael foi reconhecido em 2013 como autor do latrocínio que tirou a vida do policial civil Ricardo de Paula Borges, de 40 anos, morto em Del Castilho.

Após o confronto em Manguinhos, Wallace Valério da Silva Arlindo, o Bola, 24, e Maicon dos Santos, MK, 18, deram entrada no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. Os agentes da Core foram até o local e prendeu a dupla em flagrante pelos crimes de tentativa de homicídio e associação ao tráfico de drogas.

Segundo o delegado Fabrício Oliveira, Bola é apontado como gerente da boca-de-fumo da região mais violenta de Manguinhos, o Campo da Coréia. Ele perdeu a mão esquerda e foi ferido por diversos estilhaços ao arremessar um artefato explosivo contra os policiais civis nesta madrugada. Já MK, que era foragido da Justiça, foi alvejado no ombro.

Últimas de Rio De Janeiro