Linha Amarela: Faixas olímpicas provocam engarrafamento pelo 2° dia

No primeiro dia de implantação das faixas olímpicas, a velocidade média foi de 12 km/h quando normal é 26km/h

Por O Dia

Rio - Pelo segundo dia consecutivo o motorista do Rio enfreta quilômetros de lentidão nos principais acessos da cidade. Na manhã desta terça-feira, já passavam cerca de 20 km de engarrafamento na Linha Amarela. A velocidade média na via é de 15 km/h. Nesta segunda-feira, no primeiro dia de implantação das faixas olímpicas, a velocidade média na via foi de 12 km/h quando o normal é de 26km/h, segundo a CET-Rio. Já a Avenida das Américas teve queda de 26% e uma velocidade de 11 km/h.

Leia: Implantação de faixas olímpicas causa lentidão no trânsito da cidade

Internauta registrou engarrafamento na Linha Amarela na manhã desta terça-feira Reprodução Twitter

De acordo com a Lamsa, que administra a Linha Amarela, o melhor caminho para quem acessa a via é antes do pedágio sair na região do Méier e seguir pela Avenida Marechal Rondon.

No sentido Fundão, o trânsito é lento desde a saída da Estrada do Pau Ferro até a Linha Vermelha. Já no sentido Barra, da Avenida Ayrton Senna até a saída do pedágio. 

A autoestrada Grajaú-Jacarepaguá segue com retenções na chegada ao Grajaú, porém o panorama ainda é melhor do que o da Linha Amarela, segundo o Centro de Operações da Prefeitura (COR).

O motorista que segue para o Centro pela Avenida Brasil também encontra trânsito complicado entre os trechos de Irajá e a Penha, segundo o COR.

Já na Barra, sentido Centro, há engarrafamento na Lagoa-Barra. Na Avenida Niemeyer há uma faixa olímpica prioritária, que desde domingo é para uso da família olímpica. 

A multa para o motorista flagrado nas faixas olímpicas é de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira.



Últimas de Rio De Janeiro