Motoboy é assassinado a pauladas durante entrega de lanches

Crime aconteceu no interior de São Paulo. Assassinos iriam esquartejar a vítima. Polícia apura motivação da brutalidade

Por O Dia

 São Paulo -  Um motoboy foi morto a pauladas durante uma entrega de lanches em São Carlos, no interior de São Paulo, na noite dessa segunda-feira. De acordo com a Polícia Militar, dois homens confessaram o crime e já estão presos.

Segundo a Polícia Militar, a vítima de 38 anos, trabalhava em uma lanchonete e, durante a noite, foi solicitado para uma entrega em um bairro da região e não voltou. Ao notarem a demora do colega, os funcionários da loja chamaram a PM e uma equipe começou a refazer o trajeto do motoboy.

Suspeitos foram presos após PM notar atitude suspeita de ambos Divulgação

No primeiro endereço, os policiais não encontraram nada, mas, quando chegaram ao segundo imóvel, notaram um comportamento estranho de dois homens que estavam na frente da casa. No primeiro momento, os acusados disseram que estavam do lado de fora porque o lanche encomendado não chegava, mas os policiais notaram que havia sangue na calçada, recentemente lavada, e continuaram a fazer perguntas.

Um dos homens confessou que havia dado várias pauladas na vítima e que, em seguida, o homem havia sido levado para uma casa na mesma rua. No local, os policiais encontraram as paredes manchadas de sangue e, no banheiro, encontraram o corpo com uma faca cravada na perna. Para a Polícia Militar, a dupla tentou esquartejar a vítima. Durante o depoimento, os criminosos afirmaram que iriam comprar gasolina para queimar o corpo.

Os homens não informaram o motivo do crime. Eles contaram que chegaram à cidade há pouco tempo e que não conheciam o motoboy. O caso foi registrado no Plantão Policial e a dupla foi encaminhada para o Centro de Triagem de São Carlos.

Últimas de Brasil