Perito da PF morre em festa após ingerir líquido tóxico em festa, no DF

Agente de 41 anos teve parada cardiorrepiratória em lancha após tomar bebida acreditando ser cerveja

Por O Dia

Brasília - Um perito da Polícia Federal morreu na manhã deste domingo após sofrer uma parada cardiorrespiratória em uma festa, no Lago Paranoá, no Distrito Federal. Stefenson Marcus Pinto Scafutto, de 41 anos, participava do encontro de lanchas "Brasília Yatch Day", quando teria ingerido uma substância tóxica ainda não identificada acreditando se tratar de cerveja.

Agente da PF ingeriu substância tóxica acreditando tratar-se de cervejaReprodução Instragram

Segundo o Corpo de Bombeiros, o resgate encontrou Stefenson em seu barco, sem sinais vitais, e após 23 minutos de processo de reanimação, eles conseguiram ressuscitar a vítima, que ficou sob cuidados do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Após ser transportado para o Hospital Regional da Asa Norte, o perito foi declarado morto pouco tempo depois.

Ainda de acordo com os Bombeiros, testemunhas disseram que Stefenson havia pegado uma latinha e ingerido a substância achando que era cerveja. Uma outra versão do caso conta que uma pessoa que estava na festa teria oferecido o líquido para o policial como se fosse energético.

Em nota, a Associação Nacional dos peritos Criminais lamentou a perda do policial. Stefenson trabalhava desde 2009 no Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal. A investigação do caso está a cargo da 1ª Delegacia de polícia de Brasília.

Últimas de Brasil