Ecclestone acredita que Fórmula 1 possa retornar à África do Sul em 2016

A última vez que o circuito foi utilizado na F1 foi em 1993

Por O Dia

Inglaterra - O britânico Bernie Ecclestone, chefe da Fórmula 1, assegurou nesta quarta-feira que acredita que em 2016 a África do Sul voltará a sediar a disputa de um Grande Prêmio da máxima categoria do automobilismo, país que recebeu a última corrida em 1993.

LEIA MAIS: Williams divulga imagem do carro que será usado na próxima temporada

Ecclestone comenta sua saída da direção da Fórmula 1Reuters

"Quero que a Fórmula 1 retorne à África do Sul há muito tempo e agora temos uma boa oportunidade. Esperamos voltar em 2016, mas é preciso ir pouco a pouco. Por enquanto, eles gostaram da ideia", disse

Ecclestone, em declarações recolhidas pela agência local "PA". A disputa de um Grande Prêmio na África do Sul já foi proposta em 2011, com um circuito urbano na Cidade do Cabo, mas a Prefeitura rejeitou a ideia no ano passado ao qualificá-la de muito barulhenta.

Após as incorporações do México e Azerbaijão ao calendário de F1, Ecclestone está tentando ampliar o número de corridas por temporada com a disputa de um Grande Prêmio na África, único continente que não conta com nenhuma.

Neste ano, o GP do México (1 de novembro) se incorpora ao calendário, enquanto em 2016 o número de corridas chegará a 21, com a disputa do GP do Azerbaijão, com o circuito urbano de Baku.

O Grande Prêmio da África do Sul de Fórmula 1 foi disputado pela última vez em 1993, no circuito de Kyalami, cerca de 30 quilômetros de Johanesburgo.

Kyalami, que abrigou 21 corridas em três períodos diferentes, 1967-1980, 1982-1985 e 1992-1993, foi adquirido pela Porsche em julho e precisaria de extensas remodelações para poder acolher um Grande Prêmio da categoria.

Na cidade sul-africana de East London também foram disputados Grandes Prêmios nos anos 1962, 1963 e 1965, os dois primeiros vencidos por Jim Clark e o terceiro por Graham Hill.

Além da África do Sul, om Marrocos foi outro país africano que recebeu um Grande Prêmio de Fórmula 1, em 1958, o "Casablanca Grand Prix".

Últimas de Esporte