Neto tem melhora e respira sem aparelhos, após nove dias de internação

Ruschel e Henzel devem ser transferidos para Chapecó até terça; Follmann vai passar por uma cirurgia em São Paulo

Por O Dia

Colômbia - Uma boa notícia envolvendo o estado de saúde do zagueiro Neto. Nove dias após ser encontrado com vida na tragédia envolvendo a delegação da Chapecoense, na Colômbia, o defensor foi retirado da respiração mecânica na UTI do hospital em que se encontra internado desde a última semana. A informação foi divulgada pelo entrevista coletiva diária que os médicos concedem na Colômbia.

"Conseguimos tirar ele da ventilação mecânica. Ele ainda é o paciente de UTI, que precisa de acompanhamento de hora em hora. As próximas 48 horas serão importantes para o Neto. Ele estava há nove dias dependendo do ventilador. O pulmão dele precisa aprender a respirar sozinho. O pulmão desarmou. Ele evoluiu bem", afirmou médico Edson Stakonski.

Neto foi retirado da ventilação mecânicaDivulgação

Os dois pacientes que estão em melhor condição clínica, Alan Ruschel e Rafael Henzel devem ser transferidos para o Brasil até a próxima terça-feira. O lateral-esquerdo está no quarto há 48 horas, teve uma infecção urinária, mas foi tratada e não gera preocupação.

O goleiro Follmannterá de passar por uma operação no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. O jogador da Chapecoense tem uma fratura na segunda vértebra cervical. Ainda não há prazo de transferência do jogador para o Brasil.

"Estamos organizando. Temos de ter segurança na aeronave, qual o tempo exato de voo. Precisamos entender tudo isso. Para pensar na condição clínica de quem vai, temos de entender essa logística", explicou Stakonski.

Últimas de Esporte