Botafogo e sua escola de volantes

Depois de Jadson, Gabriel e Andreazzi, Fernandes pede passagem e começa a ganhar espaço no time

Por O Dia

Rio - Em um passado não muito distante, o Botafogo revelou para o mundo volantes modernos, que combinavam poder de marcacão e chegada ao ataque. Jadson foi o primeiro a ganhar uma chance e após poucos jogos foi vendido para a Udinese. Depois, Gabriel encantou Oswaldo de Oliveira e se tornou titular absoluto do time, mas no fim do ano ele entrou na Justiça contra o clube e acertou com o Palmeiras. Andreazzi se destacou na reta final do Brasileirão e agora a nova atração do time de René Simões chama-se Fernandes.

Fernandes vem crescendo de produçãoUanderson Fernandes

O volante, que marcou um dos gols do clube na goleada contra o Bonsucesso, alia poder de marcação e chegada eficientes ao ataque. Embora não seja titular da equipe, o clube já se movimentou e acertou a renovação de contrato até o fim de 2016 com aumento salarial e da multa rescisória.

“Não sei se é o momento de dar essa responsabilidade pra ele (titularidade), mas não tenho muito medo. O Botafogo já estendeu o contrato dele. É uma joia rara que temos no elenco. O Antônio Lopes não perdeu tempo”, declarou René Simões.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Jonathan Fernandes, que completa 20 anos no próximo dia 21, chegou ainda menino a base do Botafogo e de família muito pobre viu o clube contratar sua mãe Sandra para trabalhar na cantina do CT de Marechal Hermes para ajudar. As boas atuações de Fernandes arrancam elogios até mesmo dos companheiros.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Carioca

“Até brinco com o Fernandes. É um moleque que tem uma cabeça centrada, todos sabem da qualidade e está crescendo a cada dia. Ele tem tudo para nos ajudar”, disse Bill.

ALÍVIO POR GOL

O atacante Bill, que fez seu primeiro gol pelo Botafogo no sábado, admitiu que o jejum estava tirando seu sono.

“Para quem falou que marcaria 30 gols, eu estava ficando preocupado. Mas graças a Deus saiu o primeiro e agora é deslanchar daqui para frente. Sei que essa meta é um desafio, mas esse é o meu objetivo. Agora só faltam 29. Quero cumprir minha meta com a ajuda dos meus companheiros. Saiu o primeiro de muitos”, disse o camisa 9 do Glorioso.