Por fabio.klotz

Rio - Gum se esquiva de falar sobre o futuro. O zagueiro do Fluminense é cobiçado no mercado da bola - o Santos é um dos clubes interessados. Porém, com a cabeça no Tricolor, ele evita pensar em 2016. Ao mesmo tempo em que destaca a identificação com o Flu - ele tem contrato até 2018 - , alerta que tem "possibilidades".

Gum é cobiçado no mercado da bolaBruno Haddad / Fluminense F.C. / Divulgação

"Tenho contrato, amo o Fluminense, sou feliz aqui, mas sei que tenho algumas possibilidades. Então temos de esperar para ver. Só que estou com a cabeça no Fluminense", declarou Gum, nesta segunda-feira, no desembarque do Fluminense após a vitória sobre o Avaí, pelo Brasileiro.

Contra o Avaí, neste domingo, Gum chegou à marca de 300 jogos com a camisa tricolor. Ele marcou um gol na vitória do Fluzão.

"É uma marca importante. Poucos conseguiram esses números expressivos. Feliz em deixar minha pequena história num clube centenário e de muitas conquistas", completou.

Você pode gostar