Com reforços, Fluminense tenta uma nova vitória atuando dentro de casa

Tricolor encara a Ponte Preta, às 11 horas, em Edson Passos

Por O Dia

Rio - Depois da vitória sobre o Cruzeiro na estreia da ‘nova casa’, o Fluminense volta a Edson Passos para encarar a Ponte Preta, às 11h, e a expectativa é que o caldeirão tricolor faça novamente a diferença e o time consiga uma vitória para subir na tabela e terminar o primeiro turno mais perto do G4 do que do Z4.

Desde o início do Brasileirão, o time das Laranjeiras busca a regularidade para conseguir uma sequência de bons resultados. Para Levir Culpi, não há uma explicação para a diferença do nível de atuação apresentado pela sua equipe em cada partida, mas ele tem certeza que essa variação precisa acabar o quanto antes para o Tricolor almejar algo grande na competição.

Marquinho deve começar no bancoNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

“Não tem uma resposta. São situações lógicas, mas que não têm uma resposta verdadeira. É coincidência. Às vezes, o fato de se ganhar vários jogos seguidos também. Não joga bem e ganha. O certo é que precisamos ser mais regulares. Como consequência, teremos resultados melhores”, disse o treinador.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Após a bom desempenho no segundo tempo da vitória sobre o Ypiranga-RS, Wellington pode ganhar uma chance no time titular e outros dois reforços podem estrear. A ideia do comandante é levar Marquinho e Danilinho para o banco de reservas. Com o horário do jogo favorável, Levir confia na presença e no apoio dos tricolores,

“É melhor para o torcedor do que para nós. Se considerar a possível temperatura alta das 11h, é desgastante. Não é um horário comum. Mas as experiências que eu vi foram boas. Principalmente na participação do torcedor. E nós precisamos da torcida”, afirmou.