Após desencantar no retorno ao Flu, Marquinho projeta evolução na equipe

Meia foi titular pela primeira vez e deixou o dele contra o Timão

Por O Dia

Rio - Na primeira partida como titular no retorno ao Fluminense, Marquinho já balançou a rede, porém, a atuação como um todo não deixou o meia satisfeito. Exigente, o camisa 77 acredita que ainda precisa de uma sequência de jogos para voltar a ser o jogador dinâmico que se destacou no Tricolor e que se firmou na Roma durante três temporadas.

“Tenho que evoluir muito. Perdi bolas, errei passes. Questão de se apresentar ao jogo. É ritmo de jogo. Fiquei muito tempo parado. É um começo de temporada para mim, então, tem de agilizar este processo. Tento fazer o máximo para entrar no ritmo”, analisou o meia.

Marquinho projeta evolução pelo FluminenseNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

Apesar da dura autocrítica feita por Marquinho, Levir Culpi elogiou o desempenho do camisa 77. O treinador espera que ele divida com Gustavo Scarpa a função de articulador do meio-campo tricolor.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Depois de empatar com o Corinthians pela Copa do Brasil, o time das Laranjeiras se prepara para uma sequência de quatro jogos consecutivos no Rio pelo Brasileirão. A expectativa é que a equipe consiga finalmente encaixar uma série de vitórias para se aproximar do G4.

“Temos uma sequência de jogos bacana, podemos encostar. Temos de ganhar do Figueirense. Depois, pensamos nos outros jogos e vamos ver qual será o nosso propósito. O jogo é fundamental. Temos de jogar como final. Se fizermos um resultado que não seja a vitória, o campeonato será outro. Acredito nisso”, disse Marquinho. Depois do Figueira, o Tricolor pega o Botafogo na Ilha do Governador, e recebe Atlético-MG e Chapecoense em Edson Passos.