Vasco aposta no talento de Guilherme Costa, com ascensão meteórica no clube

Meia afirma que time cruzmaltino tem fazer o dever de casa contra Atlético-PR e Cruzeiro para lutar pelo G-6 do Campeonato Brasileiro

Por O Dia

Rio - Enquanto Luis Fabiano faz tratamento no Caprres, devido à dores no quadril, e Nenê está encostado no grupo à espera de uma proposta para sair do clube, quem tem dado as cartas em São Januário é um ‘veterano’ da garotada. Considerado o 12º jogador do Vasco, o meia Guilherme Costa, de apenas 23 anos, curte o bom momento e comemora a ascensão meteórica que teve desde a base.

Guilherme diz que Vasco tem fazer o dever de casa contra Atlético-PR e Cruzeiro para lutar pelo G-6Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

"Dos meninos, hoje (quinta-feora), sou o menos jovem. Quero exaltar essa mescla dos meninos com os mais experientes. Ela é fundamental. Todos precisam ser exaltados, pois se não fosse o conjunto, o individual dos garotos não apareceria. O fundamental é o grupo", afirma o meia, que marcou um gol em cinco jogos no Campeonato Brasileiro.

Após a grande vitória sobre o Atlético-MG, em Minas Gerais, Guilherme espera que o Vasco mantenha o embalo e faça o dever de casa contra Atlético-PR, segunda-feira, e Cruzeiro, dia 3 de agosto, em jogos nos quais terá o mando de campo.

"A gente não pode deixar desgarrar do G-6. Temos dois jogos em casa agora e precisamos buscar os seis pontos em disputa. Ganhando três partidas seguidas, vamos nos estabelecer lá para cima", aposta o jovem apoiador.

Se depender do Caprress, o técnico Milton Mendes poderá promover a estreia de Anderson Martins no jogo contra o Atlético-PR. O zagueiro chegou ao clube em boa forma física e tem impressionado o gerente científico Alex Evangelista. Como ele já foi regularizado na CBF, está em condições de jogar.

"O Anderson chegou muito bem, com níveis de força muito altos. Semana que vem deverá estar praticamente pronto", disse Alex, ao 'Globoesporte.com'. Já a situação do zagueiro Paulão se complicou. O resultado do exame na coxa esquerda apontou lesão de graus dois e ele só retoma aos treinos entre 15 e 20 dias.