Mais controle das bagagens

Receita Federal prepara novas medidas de fiscalização para viagens internacionais

Por O Dia

Rio - Maior controle de bagagens e o que transita pela Alfândega nos aeroportos nacionais durante a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. É o que pretende a Receita Federal ao preparar novas regras para facilitar o controle sobre bens de passageiros em viagens internacionais. A informação foi divulgada pelo subsecretário de Aduana e Relações Internacionais da Receita, Ernani Argolo Checcucci Filho, durante a apresentação do relatório aduaneiro do primeiro semestre deste ano. Detalhes das medidas e a data de sua implementação não foram informados pelo secretário.

Sobre o balanço, Checcucci Filho explicou que a apreensão total de mercadorias — resultante da atuação do órgão nas áreas de fiscalização, repressão e controle sobre o comércio exterior (inclusive bagagem) — registrou queda de 3,5%, chegando a R$ 738 milhões no primeiro semestre de 2013.

Segundo o subsecretário, a baixa no volume de apreensões decorre da percepção de que a entrada irregular de mercadorias hoje no país envolve maior risco. Outro fator que também contribuiu para a diminuição foi a menor atração exercida pelos produtos importados em decorrência do aumento do dólar.

Checcucci Filho informou ainda que a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) e a Copa das Confederações ocorreram sem incidentes no que se refere à atuação da Receita Federal. Segundo o subsecretário, isso foi considerado um grande êxito.

“Trabalhamos para fortalecer a aduana, com cada vez menor intervenção da Receita”, afirmou.

Últimas de _legado_Economia