Crimeia pede oficialmente para aderir à Rússia após referendo

Segundo apuração, 96,77% dos eleitores na região ucraniana votaram a favor da adesão ao país de Putin

Por O Dia

Ucrânia - O Parlamento da Crimeia pediu oficialmente para se tornar parte da Rússia nesta segunda-feira, um dia após referendo na região sul da Ucrânia ter mostrado maioria esmagadora favorável a adesão à Federação Russa. O Parlamento "fez uma proposta à Federação Russa para admitir a República da Crimeia como novo integrante com o status de república", informou a Casa em comunicado em sua página na Internet.

Uma delegação do Parlamento da Crimeia tem visita a Moscou prevista para esta segunda-feira para discutir os procedimentos necessários para que a península do mar Negro se torne parte da Federação Russa.

Comparecimento às urnas superou os 70% previstos antes do início das votaçõesEFE

Uma apuração completa preliminar dos votos mostrou que 96,77 por cento dos eleitores na região ucraniana da Crimeia votaram a favor da adesão à Rússia, disse nesta segunda-feira o presidente da comissão do governo regional responsável por supervisionar o referendo.

Mikhail Malyshev fez o anúncio em declaração transmitida pela televisão estatal russa, após o referendo de domingo.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência