Homem leva choque elétrico por conta de gerador na Praia de Copacabana

Presidente da Associação de Stand Up Paddle do Rio foi levado para o Hospital Municipal Miguel Couto com queimaduras de primeiro e segundo grau

Por O Dia

Fábio AndradeDivulgação / Paula Kotouc

Rio - Fábio Andrade, presidente da Associação de Stand Up Paddle do Rio, de 36 anos, levou um choque elétrico ao encostar em uma grade que estava perto de um caminhão gerador, por volta das 18h da tarde do dia 31 de dezembro. O gerador estava atrás da Côlonia de Pescadores, no Posto 6, em Copacabana, na Zona Sul. O veículo de uma empresa terceirizada estava sendo usado para a produção de um show, que aconteceria em uma festa de Réveillon no Clube Marimbás.

Fábio estava com a perna molhada e enconstou em uma cerca de ferro que estava próxima ao gerador. Segundo a vítima, no momento do choque não havia nenhum funcionário ou supervisor próximo ao local. "O gerador estava ligado, mas o cabo não estava aterrado. Inclusive, antes eu perguntei se havia problema passar por ali, me disseram que não tinha problema e eu até falei que tinha medo de levar choque".

Ainda de acordo com Fábio, o choque durou cerca de cinco segundos e o fez cair no chão. Um pescador da Côlonia socorreu o Presidente da Associação de Stand Up Paddle, e chamou o responsável pelo gerador. Após o ocorrido, os funcionários aterraram o cabo elétrico e saíram do local. "Se eles estavam aterrando o cabo não era para o gerador estar ligado" declarou a vítima.

Após o susto, ele afirma que ficou sentado durante um certo tempo e ao sentir o músculo contrair teve ajuda dos pescadores que acionaram o Corpo de Bombeiros para socorrê-lo. Fábio foi levado para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, por volta de 18h45 da tarde desta terça-feira. Ele deu entrada na unidade com queimaduras de primeiro e segundo graus e foi submetido a vários exames; como coleta de sangue para verificar se não houve comprometimento dos rins. Segundo ele, os médicos o colocaram no soro e nesta quinta-feira fizeram mais uma bateria de exames; como uma nova coleta de sangue, de urina, raio-x do tórax e um eletrocardiograma.

Fábio Andrade foi encaminhado para o Hospital Municipal Miguel Couto por volta das 18h da tarde%2C no dia 31 de dezembro de 2013Divulgação / Paula Kotouc

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, o estado de Fábio é estável e segue em observação. A previsão é que ele seja liberado nesta sexta-feira.

Nesta quinta-feira, ao tomar conhecimento do ocorrido, o Comodoro Luiz Sérgio Pereira e o responsável pelo gerador visitaram o rapaz no Miguel Couto. O Comodoro afirmou que estaria a disposição para ajudá-lo em qualquer situação. Luiz Sérgio Pereira também notificou o responsável pela Banda, Groove Box, que realizou o show de Ano Novo no Clube Marimbás, e exigiu esclarecimento sobre o ocorrido e desdobramentos do caso.

Reportagem: Bianca Lobianco e Julia Sorella

Edição: Julia Sorella

Últimas de Rio De Janeiro