Vídeo flagra momento em que PM recebe voz de prisão por uso de spray

Sindicância será instaurada para apurar conduta de policiais durante a operação no Flamengo, informou tenente-coronel

Por O Dia

Rio - "Quem jogou o gás? Quem jogou o gás? Por..., vamos ser profissional, cara...!", bradou  o comandante do Batalhão de Policiamento de Grandes Eventos (BPGE), tenente-coronel Heitor Rosa Pereira, logo após um dos policiais borrifar spray de pimenta diretamente em ocupantes que deixavam o edifício Hilton Santos, no Flamengo, na manhã desta terça-feira. Em seguida, assim que o agente foi identificado, o oficial deu voz de prisão ao policial.

Segundo informou o tenente-coronel, será instaurada uma sindicância para apurar a conduta dos policiais durante a operação. Além do PM, outras duas pessoas, que atiraram pedras contra as viaturas policiais, foram detidas e encaminhadas para a 10ª DP (Botafogo). De acordo com o Corpo de Bombeiros, 11 pessoas foram atendidas, sem gravidade. Quatro foram levadas para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, e sete foram encaminhadas ao Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro.

Na imagem abaixo, é possível ver o tenente-coronel parado e o PM que borrifou o spray de pimenta indo ao encontro do superior para receber a voz de prisão. Confira também o vídeo da ação e, em seguida, do flagrante do DIA do momento em que o policial é preso.  

Superior dá voz de prisão a PM que borrifou spray de pimenta em ocupantes de prédio no FlamengoReprodução Vídeo



Últimas de Rio De Janeiro