Bernardo será indiciado por lesão corporal e injúria, diz polícia

Ex-namorada do meia do Vasco da Gama prestou depoimento nesta quinta-feira e ficou indignada com o atleta

Por O Dia

Rio - A delegada Adriana Belém, titular da 42ª DP (Recreio), vai indiciar o jogador Bernardo, do Vasco, por lesão corporal na Lei Maria da Penha e injúria. Ela concluiu após ver o laudo e ouvir o depoimento de que Patricia Melo, ex-namorada do atleta, foi agredida pelo meia. O caso vai ser encaminhado ao Ministério Público e a pena pelos crimes podem chegar a quatro anos de cadeia.

Segundo a delegada, a vítima ao lado do advogado Carlos Gonçalves também apresentou um áudio onde o Bernardo diz ter mandado o vídeo do casal mantendo relações sexuais para um amigo. A gravação foi feita em maio deste ano. O apoiador diz a ex-namorada na mensagem que enviou sem querer ao colega. "Eu estava bebendo, eu ia mandar outra parada para ele, amor. Eu te falei, cara. Foi sem querer, cara. Pela amor de Deus", declarou o jogador.

Bernardo e Patrícia Mello estavam juntos desde 2012. O jogador negou ter agredido a ex em depoimento na 42ª DPMárcio Mercante / Agência O Dia

Belém declarou que vai enviar a gravação para a perícia, apesar de constatar a voz do atleta. "Ele confessa ter vazado o vídeo em uma conversa com amigo e o laudo apresentado mostra que as lesões da vítima estavam no mesmo local que ela apontou no depoimento", disse a policial, afirmando que Patricia contou ter sida agredida mais vezes por Bernardo.

Após ser ouvida por quase duas horas, a universitária disse que o ex-namorado costumava beber com frequência. Ela disse ainda que está muito triste depois de ouvir na quarta-feira que Bernardo alegou estar 'tranquilo'.

"Isso prova que ele não está arrependido de nada do que fez", disse Patricia, confirmando que sentiu medo quando recebeu ameaças e fotos do meia vascaíno pressionando uma faca contra o pescoço e pulso. "Quero paz, quero viver em paz, algo que eu não estava tendo", desabafou a jovem, que começou o namoro com o jogador em 2012. O advogado de Patrícia, Carlos Gonçalves, ainda segue com a ideia de processar Bernardo. "Vamos aguardar o encerramento do inquérito para tomar as medidas penais cabíveis", concluiu.

LEIA MAIS: Bernardo nega ter agredido a ex-namorada

Suposto vídeo íntimo de Bernardo vaza na Internet

A ex companheira contou que o comportamento do jogador havia mudado muito e que ele se tornava bastante agressivo quando ingeria bebida alcóolica. Patricia revelou ainda que sentiu medo quando recebeu ameaças e fotos de Bernardo pressionando uma faca contra o pescoço e pulso.

Jogador disse que apenas se defendeu

De acordo com a Adriana Belém, o atleta contou nesta quarta-feira que, no dia da briga, ele e a ex voltavam de uma festa onde ele teria consumido bebida alcoólica. Ao chegar em casa, Patrícia tentou arrancar o telefone da mão dele por ciúme. As escoriações no corpo da moça ocorreram, segundo o jogador, no momento em que ele se defendia dela.

Bernardo afirmou ainda ter mandado fotos para Patrícia com uma faca no pescoço, para fazer chantagem emocional. As fotos foram enviadas no dia 1º de junho, após uma briga do casal.

“Ele queria reatar o namoro e fez as fotos para que ela ficasse incomodada. Patrícia ficou com medo que o jogador se matasse e foi prestar queixa na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam). Bernardo negou ter enviado os vídeos íntimos do casal, e disse que é tão vítima quanto ela”, comentou a delegada, acrescentando ainda que o jogador alegou ter sido ferido na orelha.

Bernardo não quis comentar as acusações de sua ex. “Minha cabeça está no meu corpo e na minha volta para o Vasco, no dia 29. O resto eu deixo para o meu advogado resolver”, afirmou o jogador, que teve contrato com o Vasco suspenso no dia 9.

Em áudio ao o DIA teve acesso, Bernardo se desculpa com a namorada pelo vazamento do vídeo íntimo para um amigo. Confira abaixo o áudio.



Últimas de Rio De Janeiro