Polícia prende suspeito de matar PM após assalto em São João de Meriti

Flavio Clayton Moraes da Costa, 22 anos, teria confessado o crime. Alexsandro Mendes foi assassinado na última terça-feira

Por O Dia

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam dois suspeitos de crimes na região. Flávio Clayton Moraes da Costa é apontado como o autor do assassinato do PM Alexsandro Mendes dos Santos, morto na última terça-feira, durante assalto em São João de Meriti. Já Aline Valéria Cavalcanti é acusada de matar, no início de junho, o próprio marido, o italiano Roberto Piero, de 57.

Na tarde de quarta-feira, Flávio foi detido no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. O suspeito, que ficou ferido durante a ação, teria assaltado o policial e seria, segundo as investigações, o autor do disparo que matou a vítima.

“Houve uma troca de tiros durante a abordagem. O PM reagiu e, então, ele atirou. Mesmo assim, ele e o outro comparsa, que estavam em um carro, levaram a moto da vítima, uma XRE. Mas por estar ferido no peito, eles se separaram e ele foi buscar atendimento. A moto foi abandonada”, contou o delegado adjunto da DHBF, Guilherme Turl. A polícia tenta agora achar o segundo suspeito do crime.

Já Aline é acusada de matar o marido no dia 8 de junho, em Guapimirim. O caso, que foi investigado em parceria com a Interpol, foi desvendado, segundo os investigadores, através de um conjunto de provas.
O corpo da vítima, que foi atingido por um único disparo que atingiu o braço e a barriga, estava queimado e enrolado a um lençol em uma estrada de terra em Cordovil. Já o carro utilizado para transportar o italiano foi achado na Favela do Saco.

A polícia conseguiu encontrar uma testemunha que reconheceu o lençol do casal e identificou ainda o menor que transportou o corpo com a suspeita. O crime teria sido cometido por desentendimentos do casal, que tem uma filha de sete anos. Aline responderá por homicídio duplamente qualificado e ocultação de cadáver.

Últimas de Rio De Janeiro