Tentativa de assalto à loja causa correria no Shopping Bay Market

Suspeito armado conseguiu fugir

Por O Dia

Rio - Um homem armado tentou assaltar uma loja da C&A no Shopping Bay Market, em Niterói, na Região Metropolitana, na noite desta quinta-feira. A ação do bandido assustou clientes do estabelecimento e do centro comercial. A informação foi confirmada por PMs do 12º BPM (Niterói), que foram acionados para a ocorrência.

O suspeito conseguiu fugir. De acordo com as primeiras informações, uma pessoa teria ficado ferido na correria dentro da loja. A página São Gonçalo Urgente postou um vídeo no Twitter que mostra clientes correndo e lojistas fechando as portas no Terminal Rodoviário, a poucos metros do local.

Uma estudante de publicidade, que estava no local no momento da confusão, contou ao DIA que ela tinha saído da loja momentos antes do assalto. "Estava no cinema, sai do shopping pela C&A. Logo quando cheguei na rua ouvi o barulho de tiro. As pessoas começaram a correr pra fora do shopping gritando e tentavam entrar rápido nos ônibus pra sair logo da confusão", contou. "A polícia começou a chegar logo depois e parece que a arma dele caiu quando ele tentou fugir. As pessoas do shopping começaram a gritar que a arma tinha caído. Minha perna ficou mole de tão nervosa que eu estava", completou. 

Procuradas pelo DIA, a assessoria da C&A ainda não se pronunciou sobre o caso. Em nota, a assessoria do Bay Market informou que uma mulher ficou ferida sem gravidade. Ela foi imediatamente atendida pela equipe de brigadistas do shopping e passa bem. O centro de compras está prestando todos os esclarecimentos às autoridades competentes e contribuindo com o andamento das investigações.

Segurança morto 

Em outubro o vigilante Renato Silva da Costa foi baleado e morreu durante um assalto à loja das Casas Bahia, no shopping.

Segundo informações da PM, a vítima teria sido atingida num dos antebraços, e o projétil teria acertado sua veia aorta. Levado para o Hospital Estadual Azevedo Lima, também em Niterói, ele acabou não resistindo aos ferimentos.

Segundo a Delegacia de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG), uma perícia foi feita no local para apurar as circunstâncias do crime. Além disso, imagens de câmeras de segurança instaladas no estabelecimento serão usadas para identificar os autores.

Últimas de Rio De Janeiro