01 de janeiro de 1970
  • WhatsApp (21) 98762-8248

IDENTIFIQUE-SE

Por O Dia

1) Afã de largada

Transforma qualquer fila de carros parados no semáforo em grid de Fórmula-1. O verde é a senha para acelerar, e ai de quem não se mover em três segundos.

2) Antifotofobia

Quanto mais claro, melhor; e nada mais perfeito que o farol alto para demonstrar quem é que manda. Mesmo de dia. A luz parece mover montanhas.

3) Cãibra de seta

Incapacidade pontual na mão esquerda de levantar ou abaixar a alavanca. Quem estiver do lado de fora que veja as rodas mudarem de eixo.

4) Cegueira de altruísmo

Bloqueia a visão para quem pede a vez para mudar de faixa e passar. Dane-se quem ficou preso atrás de um caminhão de lixo e tenta sair. Que espere.

5) Daltonismo temporário

O semáforo acabou de fechar, mas parece que a luz não está vermelha o bastante, então não tem problema avançar.

6) Multitarefose

O tempo anda tão curto que cada segundo não pode ser desperdiçado. Daí o carro serve para ouvir áudios do zap, ver e postar 'stories' e entrar em polêmicas do Face.

7) Torcicolo AGUDO inquisidor

Girar o pescoço para ver, em outro carro, quem ousa atrapalhar o trânsito e encontrar desculpa para tal acinte se é mulher, tiozão, idoso, japa, negro, jovem ou 'quatro-olhos'. Tem a variante de olhar se a placa é 'de fora'.

8) Verborragia buzinadora

Qualidade máxima para a 'comunicação' no asfalto hoje. E só vale se a mão pesar na buzina por mais de três segundos. Menos que isso é fraqueza. Pode e deve ser usada com a antifotofobia.