FLAMENGO

Por O Dia

CÉSAR: Sem jogar há dois anos, entrou na fogueira e, com boas defesas, fez a torcida esquecer o fantasma chamado Muralha. Ainda pegou um pênalti. NOTA 8

PARÁ: Discreto no apoio ao ataque, teve trabalho para conter as investidas do Junior Barranquilla pelo seu setor. Fez pênalti em González, ignorado pelo árbitro NOTA 5

RHODOLFO: Precisou substituir o lesionado Réver, de última hora, e não comprometeu. NOTA 7

JUAN: A habitual segurança, embora tenha cometido um pênalti ao cair na área com a mão na bola. O árbitro não viu. Foi bem nas divididas. NOTA 7

TRAUCO: Seguro na defesa, pouco efetivo nas idas ao ataque. NOTA 6

CUÉLLAR: Limitou-se a tentar conter as investidas do adversário. Também cometeu pênalti, em Téo Gutiérrez, que o árbitro ignorou. NOTA 6,5

WILLIAN ARÃO: Limitou-se à marcação e foi bem. NOTA 7

ÉVERTON RIBEIRO: Discreto, teve atuação apagada. Pouco foi visto na frente e acabou substituído. NOTA 5

MÁRCIO ARAÚJO: Entrou para tentar segurar o placar e cumpriu muito bem a missão. NOTA 7

DIEGO: Começou bem, distribuindo a bola com categoria e criando boas jogadas, mas, no segundo tempo, sumiu em campo. NOTA 6,5

LUCAS PAQUETÁ: Incansável, buscou jogo o tempo todo e criou boas jogadas ofensivas. NOTA 7

RODINEI: Entrou e fez o cruzamento para o segundo gol de Vizeu. NOTA 7

FELIPE VIZEU: Mesmo isolado na frente, levou perigo nas finalizações e foi o herói da noite ao marcar os dois gols da vitória rubro-negra. NOTA 9

MANCUELLO: Entrou no fim, sem tempo para fazer muito. SEM NOTA

Comentários

Últimas de Esporte