Batalha dos Barbeiros ganha projeção nacional com cortes da moda

A competição que acontece no próximo domingo, na Arena Dicró, na Penha, será disputada pela primeira vez nacionalmente

Por O Dia

Rio - Depois do sucesso da ‘Batalha do Passinho’, que virou até documentário, outra batalha está descendo o morro e tomando conta do asfalto. A ‘Batalha dos Barbeiros’, que acontece no próximo domingo, na Arena Dicró, na Penha, foi idealizada e criada por Érica Nunes e será disputada pela primeira vez nacionalmente. A iniciativa já ajudou pessoas como Guilherme LM, ex-traficante que aos 16 anos se tornou barbeiro profissional e hoje ensina jovens de todos os cantos do Brasil a criar o corte perfeito, além de ser o responsável pelos cortes de Mr. Catra e Nego do Borel.

Érica é a pessoa por trás do sucesso das cabeças criativas que estão espalhadas pelo paísDivulgação

Nascida no Complexo da Maré, Érica é a pessoa por trás do sucesso das cabeças criativas que estão espalhadas pelo país. Após conhecer um dos criadores do passinho em 2012, Rafael Mike, a ex-funcionária pública percebeu algo importante.

“A moda não nasce apenas no asfalto, nasce também nos meninos da favela. Nossa influência está em todo lugar, inclusive na cabeça. Então uma das profissões mais importantes nas comunidades é a de barbeiro, que nunca tinha tido uma atenção especial. Se a dança era valorizada, por que outra manifestação cultural também não podia? Foi assim que criei a ‘Batalha dos Barbeiros’”, conta Érica. Em um grupo numa rede social, a Madrinha dos Barbeiros, como é conhecida, convocou diversos barbeiros cariocas para apresentarem seu trabalho e concorrerem entre si.

A competição será disputada pela primeira vez nacionalmenteMaria Buzanovsky

A disputa lhe rendeu o cargo de diretora de eventos na Associação dos Institutos de Beleza do Rio de Janeiro, e através disso Érica viu a chance de aperfeiçoar ainda mais a profissão.

“Muitos barbeiros aprenderam no dia a dia, não tinham nem noção de higiene. E quem fazia o curso aprendia apenas o básico. Aperfeiçoamos as aulas e hoje o barbeiro formado tem diploma dado pelo MEC. É o único curso avançado em todo país”, afirma.

Cortes fazem a cabeça de pessoas como Neymar e Bruno GagliassoReprodução Internet

E foi através dessa iniciativa que a vida de Guilherme LM se transformou e ele agora é professor na Escola de Barbeiros. Traficante aos 14 anos, Guilherme viu a morte de muitos amigos por conta da vida criminosa. Foi quando decidiu parar e aos 16 anos descobriu uma paixão: a tesoura. Participante de várias batalhas, o barbeiro queridinho dos funkeiros conta que o corte mais pedido é o Disfarçado, feito com máquina zero na parte de baixo e mais comprido em cima. Esse estilo faz a cabeça de pessoas como Neymar e Bruno Gagliasso. “Ser igual é muito fácil, o bacana é ser diferente”, afirmou Guilherme.

Como funciona a 'Batalha'

?A batalha, que acontece no próximo domingo, tem três categorias: corte clássico, desenho e barba express. Esta última é novidade. O concorrente tem um minuto para fazer uma barba perfeita. A competição que se inicia no Rio e depois segue para São Paulo, Salvador e Belo Horizonte, também surpreende por ter entre seus competidores mulheres, inclusive na categoria barba express.

Para disputar o prêmio de melhor barbeiro é necessário colocar seu vídeo na página da batalha no Facebook e os oito candidatos com mais visualizações/curtidas em cada categoria têm a chance de mostrar seus talentos ao vivo e ainda entram na disputa. Os três grandes vencedores finais serão premiados com um cinturão e produtos de barbearia de algumas das marcas mais importantes do ramo. Todas as etapas têm entrada franca e vão contar com DJs para animar a festa. O público estimado é de duas mil pessoas em cada uma das cidades anfitriãs do evento.

Últimas de Diversão