Rock in Rio: Quinto dia tem Slipknot e queda de vocalista do Faith no More

Noite foi marcada por efeitos pirotécnicos, fogo no palco e muito rock n'roll

Por O Dia

Rio - O quinto dia do Rock in Rio 2015 foi marcado por efeitos pirotécnicos, fogo no palco, muito rock n'roll e a inesperada queda do vocalista do Faith No More. Slipknot fechou a noite como o show mais esperado do festival. A banda levou o público à loucura com suas famosas máscaras e uma entrada triunfal com direito a chamas e até uma cabeça de besta gigante no palco.

Slipknot marca presença no quinto dia do Rock in RioCacau Fernandes / Parceiros / Agência O DIA

O vocalista do Slipknot, Corey Taylor, ainda pediu para que o público cantasse parabéns para Michael Shawn Crahan, percussionista da banda que fez aniversário na última quinta-feira.

LEIA MAIS: Steve Vai espera 'mais trinta anos' de Rock in Rio

Após a participação na segunda edição do festival, em 1991, o Faith no More voltou ao Rock in Rio. E apesar da cor preta ser umas das marcas registradas dos amantes do rock, a banda deixou de lado a "tradição" e subiu ao palco com flores e roupas brancas. A grupo liberado por Mike Patton se apresentou no Palco Mundo e entoou hits do passado e canções de seu novo disco após 11 anos separados.

Mike Patton jogou na plateia sem avisar e acabou caindo entre o fosso onde ficam os fotógrafos e a gradeReprodução / Internet

No entanto, o "mico" da noite ficou por conta do vocalista. Ele se jogou na plateia sem avisar e acabou caindo entre o fosso onde ficam os fotógrafos e a grade. Apesar dele ter retornado mandando para o palco, a queda não impediu que o músico terminasse o show para delírio dos fãs.


Últimas de Celebridades