Jovem de 170 kg luta contra o preconceito para dançar

Série ‘Uma Mulher de Peso’ acompanha a rotina da dançarina Whitney Thore

Por O Dia

Rio - Imagine a moça da foto aí ao lado com menos uns 90 quilos. Sim, a dançarina Whitney Thore já foi magra, mas atualmente está pesando mais de 170 kg. Mesmo gordinha, ela não abriu mão do sonho de fazer o que mais gosta: dançar. Na série ‘Uma Mulher de Peso’ (‘My Big Fat Fabulous Life’), que estreia sábado, às 23h, no canal Discovery Home & Health, a jovem de 30 anos mostra sua luta contra o preconceito na profissão e sua determinação em recuperar a autoestima. 

Whitney Thore virou fenômeno na internet ao postar vídeos de dançaDivulgação


Whitney começou a engordar quando estava no primeiro ano da faculdade. O excesso de peso foi causado pela síndrome do ovário policístico. A bailarina ainda enfrentou uma depressão — as críticas por não estar dentro dos padrões estéticos abalaram a confiança da moça.

Em janeiro de 2014, Whitney voltou a dançar e começou a compartilhar na internet vídeos de suas coreografias. Não demorou para ela virar um fenômeno na rede e receber milhares de mensagens de apoio.

A série acompanha a mudança de rotina de Whitney, seus bons e maus momentos, seu prazer de dançar, sua relação com a família e amigos, e a dificuldade de encontrar um namorado.

Últimas de Televisão