Com boa evolução clínica, Pelé deixa semi-intensivo e vai para o quarto

Rei do Futebol ainda não possui previsão de alta

Por O Dia

São Paulo - Pelé deixou, neste sábado, o setor de tratamento semi-intensivo do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e já está instalado em um quarto da unidade hospitalar. Segundo o novo boletim médico, o Rei do Futebol segue bem, sem febre e sendo medicado com antibióticos. Mesmo com boa recuperação, ainda não há previsão de alta para o paciente.

Pelé foi internado no mesmo hospital em 12 de novembro, com dores abdominais. Na ocasião, passou por um procedimento cirúrgico para a retirada de cálculos renais e recebeu alta no dia 15. Ele voltou a ser internado na última segunda-feira com uma infecção urinária.

De acordo com especialistas, a infecção ocorre por causa de germes, em geral bactérias, que entram pela uretra e chegam até a bexiga. Entre os sintomas está a cólica no baixo abdômen (em geral, no centro) ou nas costas, dores estas apresentadas pelo Rei.

Pelé deixou o setor semi-intensivo do Hospital Albert EinsteinEfe


Últimas de Esporte